logotipo

quinta

22/06/2017

Publicidade

Exibir Comunicação
Entrevistas
Publicada em Sex, 13/12/2013

Entrevista - Jonas Vilar: Abrindo novos caminhos

1289

O pastor Jonas Vilar resgatou, em 2010, o sertanejo gospel e foi pioneiro no novo perfil. Por meio da música, ele vem ministrando a Palavra dentro e fora do País em um ministério abençoado. Ele veio para São Paulo com a mãe e os irmãos tentar uma vida melhor quatro anos após a perdado pai. Na cidade grande, o menino de 14 anos se sentia perdido, com medo do futuro. E foi nesse turbilhão de emoções que ele entrou em uma igreja evangélica e tomou a decisão mais importante de sua vida: aceitou Jesus como seu Senhor e Salvador.


A infância na Paraíba foi difícil e a adolescência não foi mais fácil para Jonas Vilar. Ele veio para São Paulo com a mãe e os irmãos tentar uma vida melhor quatro anos após a perdado pai.

Na cidade grande, o menino de 14 anos se sentia perdido, com medo do futuro. E foi nesse turbilhão de emoções que ele entrou em uma igreja evangélica e tomou a decisão mais importante de sua vida: aceitou Jesus como seu Senhor e Salvador. “Dentro de mim, sentia que tinha tomado a decisão da minhavida”, relembra.

Com dois meses de convertido ganhou um violão e em pouco tempo já estava cantando, compondo e foi aprendendo a tocar outros instrumentos também. Montou uma banda gospel com 17 anos, mas o envolvimento com o pastorado o levou a dar um tempo na música.

Ele passou a pregar por todo o Brasil e também no exterior. E foi em uma dessas viagens fora do País que ele recebeu a mensagem de que Deus queria usá-lo na música e que gravaria um CD ainda naquele ano.

O ano era 2008 e todo o talento para a música aflorou novamente em Jonas Vilar. A Palavra se cumpriu com a gravação do CD/DVD “Você já venceu”. Desde então, o pastor é convidado a participar de grandes eventos e ministrar em igrejas dentro e fora do Brasil. Por diversas vezes, visitou a Europa levando umamensagem de esperança através da música e da Palavra nas cidades deLondres, Lisboa, Madri, Milão e Bruxelas,dentre muitas outras.

O primeiro álbum independente vendeu mais de 15 mil cópias em menosde um ano. Em 2010, lançou o CD “Deus Age”, no estilo sertanejo universitário gospel, uma novidade no mercado gospel na época. JonasVilar foi o pioneiro entre os cantores no novo perfil e desbravou este mercado do pop, congregacional e adoração, abrindo as portas para o surgimento de outros grandes nomes.

Em 2011, Jonas lançou o CD e DVD “É só confiar”, gravado ao vivo na Festa do Céu da Igreja Luz da Vida em Balneário Camboriú, SantaCatarina. Este trabalho trouxe uma exposição especial para o cantor nomercado gospel e lhe rendeu, inclusive, a indicação como “Melhor DVD” na
primeira edição do Troféu Promessas, realizado pela rede Globo.

Em agosto de 2012, Vilar assinou contrato com a gravadora SomLivre, sendo o primeiro cantor do sertanejo gospel contratado pelaempresa que atua no meio secular e que tem entrado no perfil gospel há alguns anos com o selo “Você Adora”. Da parceria nasceram dois grandesprojetos: o relançamento do “É só confiar” com a canção bônus “Te amo mais que tudo” e a gravação do CD/DVD “Te amo mais que tudo”.

Ainda no ano passado, o cantor participou do “Festival Promessas – Minas” onde se apresentou para mais de 5 mil pessoas. E,neste ano, participará do Festival Promessas que será exibido pela TV Globo no fim do ano.

Jonas Vilar tem participado e levado a bandeira do sertanejo universitário gospel a diversos programas de TV. Suaparticipação mais recente foi no programa “Encontro”, de Fátima Bernardes, que contou também com a presença do cantor Michel Teló, que expressou o desejo de gravar uma música no próximo CD de Vilar, que garante estar preparando muitas novidades para o próximo ano.

Exibir Gospel – Como foi a sua infância?
Jonas Vilar –
Foi marcada por dificuldades. Vim de uma família simples e muitohumilde. Perdi meu pai quando tinha apenas 10 anos, na época, moravaem Campina Grande, na Paraíba, não tinha muitas oportunidades.

EG – Em que momento decidiu sair da Paraíba e o que representou essa mudança para você?
Vilar –
Quando eu tinha 14 anos, minha mãe resolveu sair de Campina Grande e virpara São Paulo tentar melhorar nossa vida em uma cidade grande, masnão foi fácil, porque, na ocasião, éramos apenas eu, minha mãe e mais quatro irmãos chegando em uma cidade desconhecida, sem conhecer nada nem ninguém.

EG – Quando conheceu Jesus e como foi o início de seu ministério?
Vilar –
Já em São Paulo, toda noite sentia uma tristeza muito grande,incerteza, insegurança, medo do futuro. Até que um dia, decidi entrar em uma igreja evangélica e aceitei receber Jesus Cristo na minha vida. Lembro como
se fosse hoje, eu entrando naquela igreja tão pequena, o pastor pregando a Palavra de Deus e eu me entregando para Jesus. Saídaquela igreja tão leve, meu coração parecia que ia explodir de tantaalegria. Dentro de mim, sentia que tinha tomado a decisão da minhavida.

EG – Como foi a transição do ministério de pregação para o de louvor?
Vilar –
Na verdade não houve transição. Sempre estive envolvido com a música,ganhei meu violão com dois meses de convertido e logo comecei a tocare escrever canções. Fui regente de mocidade e, aos 17 anos, eu e unsamigos formamos uma banda gospel, que não deu certo. Logo me vienvolvido no pastorado e dei uma pausa na música. Em 2008, quando euestava pregando em Londres, uma irmã foi usada por Deus para me falar
que Ele queria me usar na música, no louvor, e que eu gravaria um CD muito breve e, para a minha surpresa, naquele mesmo ano gravei meuprimeiro álbum musical "Você já venceu", em Belém do Pará.

EG – Em 2012, você foi o primeiro cantor sertanejo gospel a assinar umcontrato com agravadora Som Livre, o que essa parceria significou pra você e o que representa em seu ministério?
Vilar –
Foi uma experiência de mercado muito importante para o meu ministérionaquele momento. A parceria com uma gravadora importante traz certacredibilidade para um cantor.

EG – Como você vê a entrada do sertanejo universitário no meio gospel?
Vilar –
Eu vejo como um resgate da música sertaneja gospel. Na verdade, uma dasraízes da música gospel no Brasil é o sertanejo. Se olharmos paratrás, vamos lembrar de grandes nomes da música gospel que cantavam
sertanejo, como Joel e Jonas, Otoniel e Oziel, entre tantos outros.Crescemos ouvindo os hinos da Harpa Cristã, que, na sua maioria, eram dessescantores. Hoje, o sertanejo é moderno, está atualizado, criou novas características e roupagens musicais, mas não perdeu sua raiz.Fico feliz em poder fazer parte disso, de trazer a atualização da
música sertaneja para o segmento gospel.

EG – Está desenvolvendo algum trabalho específico no momento (um novo CD ou algum outro tipo de trabalho como pastor ou cantor)?
Vilar –
O que posso falar, por enquanto, é que 2014 tem muita novidade!!!

EG – De todas as suas canções, tem aquela que todo show ou culto você não pode deixar de cantar? Por que?
Vilar –
Tem sim, enquanto eu não cantar "Deus vai te honrar" o povo não deixa eu ir embora (risos).

EG – Tem algum cantor ou cantora gospel que você admira ou se inspira?
Vilar –
Sim, tem vários. Um dos cantores que mais admiro é o André Valadão, porsempre buscar a excelência em seus projetos sem perder a unção.

Perfil do Entrevistado

Nome: Jonas Vilar

Idade: 37

Cidade Natal: Campina Grande, Paraíba

Ocupação: Pastor da Assembleia de Deus Bom Retiro e cantor

Contatos:
Telefones: (11) 2669-0190 // (11) 7805-6057 // ID 122*62694

E-mail: jonas.vilar@hotmail.com

Site: www.jonasvilar.com

Twitter: @JonasVilar

Facebook: www.facebook.com/jonasvilaroficial

Comentários

social

foto_entrevistas

Curso realizado no Rio de Janeiro vai falar sobre Fé Cristã e a natureza da Ciência

0

Seg, 05/06/2017

lançamentos

foto_entrevistas

Sandi Patty lança versão ao vivo do álbum Forever Grateful

0

Qui, 22/06/2017

© 2009/2016 - Revista Exibir Gospel | Desenvolvido por Exibir Comunicação