logotipo

quarta

18/10/2017

Publicidade

Exibir Comunicação
Entrevistas
Publicada em Ter, 12/04/2016

'Sou feliz', diz vigilante que ficou paraplégico ao levar tiro em assalto

2766

Jeimyson Nunes de Azevedo, de 26 anos, foi baleado no pescoço. Adolescente de 16 anos confessou crime, ocorrido numa farmácia em Natal.

O vigilante Jeimyson Nunes de Azevedo, de 26 anos, que ficou paraplégico ao ser baleado no pescoço durante um assalto na farmácia em que trabalhava, crime ocorrido no dia 4 deste mês na Zona Norte de Natal, gravou um vídeo para dizer que vai, por meio da igreja, ajudar pessoas a superarem dificuldades. “Tá vendo o meu sorriso? Eu corro o risco de nunca mais me movimentar, mesmo assim sou feliz. Deus quer fazer você ser mais do que vencedor. Se não consegue sozinho, se prepare. Estou chegado aí para te ajudar”, disse ele.

O vídeo, feito no hospital, foi postado nas redes sociais pela irmã dele. Jeize Nunes autorizou o G1 a utilizar a gravação como forma de mostrar que ele, apesar do que aconteceu, está bem e se sente confiante.

“Amados, boa tarde. Acredito que muitos de vocês me conheçam; outros, nem tanto. Mas quero deixar claro que estou muto bem, viu? Muito bem”, disse Jeimyson logo no início do vídeo. “Quero deixar claro uma verdade. Na vida, existe duas formas de se viver: você consegue viver tendo as coisas e você consegue viver sendo alguma coisa. Muitos anos da minha vida eu vivenciei tendo muitas coisas, mas nunca fui nada. E, devido isso que aconteceu, o Espírito Santo ministrou meu coração e me fez entender que eu não posso ter nada, mas eu sendo alguma coisa eu sou feliz”, acrescentou.

“Tá vendo o meu sorrido? Eu corro o risco de nunca mais me movimentar, mesmo assim sou feliz, porque hoje eu sou mais do que vencedor em Cristo Jesus. Portanto, não baixem a cabeça. Levantem-se. Façam alguma coisa. Só você podem mudar essa história. Deus quer fazer você ser mais do que vencedor. Se não consegue sozinho, se prepare. Estou chegado aí para te ajudar. Obrigado. Valeu, amados. Paz!”, finalizou.

O caso
Vigilante da Prosegur, Jeimyson Nunes de Azevedo, 26 anos, foi baleado no pescoço na noite do dia 4 deste mês dentro de uma farmácia na Avenida João Medeiros Filho, uma das mais movimentadas da Zona Norte da capital potiguar. Ele estava trabalhando na segurança do estabelecimento quando dois criminosos o renderam e roubaram a arma e o colete dele. Na fuga, mesmo sem que Jeimyson tenha esboçado qualquer reação, um dos assaltantes apontou a arma e atirou. A bala acertou o pescoço dele, atingindo também a coluna cervical.

Na última sexta-feira (8), um adolescente de 16 anos se apresentou à 12ª Delegacia de Polícia Civil e confessou participação no assalto. O suspeito foi ouvido e liberado.

"O depoimento do adolescente explicou todo o crime. O fato novo é que o assalto era tão somente para roubar a arma do vigilante. Outro fato novo é que houve um terceiro participante que ficou na parte externa, em um veículo, aguardando a saída deles depois que realizassem o assalto", disse o delegado Francisco Jodelci Pinheiro.

Ainda de acordo com o delegado, a participação do adolescente no crime foi filmada pelas câmeras de segurança da farmácia. Segundo Pinheiro, o adolescente aparece nas imagens usando um boné amarelo. Ele retira a arma e o colete do vigilante.

Em relação ao comparsa, o que atirou (veja vídeo ao lado), o garoto contou à polícia que o conheceu poucos dias antes do crime e que o objetivo era apenas roubar a arma do vigilante. "Ele disse que conheceu o atirador há cerca de 20 ou 30 dias. Estavam em um show, combinaram o assalto e ele aceitou. O terceiro deu todas as informações referentes ao local do fato. Ele disse também que a intenção não era atirar", explicou.

O adolescente também disse que depois da ação criminosa questionou o comparsa sobre o disparo. "Depois que realizaram o assalto, ele questionou o porquê do disparo, no entanto, o homem que atirou disse que temeu que o vigilante achasse que aquela arma que ele estava, que era uma pistola, fosse uma arma de brinquedo", acrescentou.

Com informações: G1

Comentários

social

foto_entrevistas

Oficina G3 anuncia pausa na carreira

0

Qui, 28/09/2017

lançamentos

foto_entrevistas

PG lança álbum acústico

0

Ter, 17/10/2017

© 2009/2016 - Revista Exibir Gospel | Desenvolvido por Exibir Comunicação