logotipo

domingo

19/11/2017

Publicidade

Exibir Comunicação
Matéria de Capa
Publicada em Qua, 18/01/2017

Governador cristão é ameaçado por muçulmanos e família declara: Deus está no controle

3332

Governador cristão é ameaçado por muçulmanos e família declara: Deus está no controle

O governador Ahok está sendo acusado de blasfêmia ao Alcorão por líderes muçulmanos da Indonésia.

Indonésia - Fifi Leity Indra, irmã do governador Basuki Tjahaja Purnama, mais conhecido como Ahok, disse, de acordo com a CBN News: "Ele [Ahok] entende que pode estar sendo perseguido por causa de sua fé. Ele também acredita que Deus vai usar isso como uma vitrine para fazer as pessoas terem uma crença mais forte, de que em tudo Deus está no controle", colocou a mulher.

Ela insistiu classificando como falsas as acusações de que Ahok havia blasfemado. Ela acredita que Deus usará o caso do governador cristão em Jacarta (Indonésia) acusado de insultar o Alcorão, para testemunhar a outros cristãos.

A acusação diz que Ahok insultou o Alcorão enquanto ele estava fazendo uma campanha antes das eleições, em fevereiro, para se reeleger a governador de Jacarta, que é a capital da maior nação maioritária do mundo. Ahok é chinês étnico e o primeiro cristão em quase 50 anos a governar Jacarta.

Entenda a história

Em um discurso aos pescadores, em setembro, ele teria citado um verso do Alcorão que adverte os muçulmanos contra tomar cristãos e judeus como aliados. Ele disse ter acrescentado que devido à transição da Indonésia para a democracia em 1999, era perfeitamente aceitável para os eleitores muçulmanos escolher um cristão na eleição para governador.

Ahok negou as acusações, dizendo que seus comentários eram dirigidos a políticos que de forma incorreta usavam o versículo contra ele. As condenações à blasfêmia na Indonésia quase sempre resultam em prisões. A lei foi criticada pela Amnistia Internacional por prejudicar a liberdade de expressão e por atacar as minorias religiosas.

A Indonésia tecnicamente garante liberdade de religião em sua constituição, mas na realidade, apenas seis religiões são reconhecidas. Duras leis de blasfêmia visam atingir as minorias religiosas. Os cristãos representam menos de 10% dos 250 milhões de habitantes.

Blasfêmia

Na Indonésia, a blasfêmia é crime e dezenas de pessoas já foram condenadas na última década. Algumas enviadas para a prisão e lá permaneceram por cinco anos. A polícia confirmou que está investigando a acusação e Ahok não tem permissão para deixar o país, embora ele não tenha sido detido.

O político está concorrendo à reeleição em fevereiro contra dois candidatos muçulmanos. A disputa tem gerado alta tensão política por várias semanas, com rumores de complôs para minar Ahok e suas chances de ganhar um segundo mandato.

*Fonte: Guia Me.

Comentários

social

foto_entrevistas

Oficina G3 anuncia pausa na carreira

0

Qui, 28/09/2017

lançamentos

foto_entrevistas

Leonardo Gonçalves anuncia retorno

0

Qui, 16/11/2017

© 2009/2016 - Revista Exibir Gospel | Desenvolvido por Exibir Comunicação