Siga nossas redes sociais
23/05/2024

Destaques

15 formas de ajudar nossos irmãos do Rio Grande do Sul

Published

on

Compartilhe

Os temporais que atingem o estado do Rio Grande do Sul desde o dia 29 de abril causaram grandes estragos em pelo menos 340 municípios. As chuvas geraram alagamentos, deslizamentos de terra, danos em casas, pontes e estradas, resultando um estrago ainda não calculado.

Os dados da Defesa Civil gaúcha, compartilhados nesta segunda-feira (6), afirmam que 83 pessoas morreram,  291 cidadãos estão feridos e 111 estão desaparecidos. Além disso, 20.070 pessoas foram enviadas para abrigos, 129.279 estão desalojadas, e, no total, 873.275 foram afetadas.

Diante deste caos, autoridades governamentais, instituições, entidades religiosas e cidadãos de toda a parte do país estão trabalhando para ajudar as milhares de pessoas afetadas pela catástrofe. 

O pastor Jair da Silva Lima, da Igreja Assembleia de Deus em Três Coroas (RS), faz um apelo aos cristãos para que contribuam principalmente com as igrejas que estão atuando como abrigos ou dando suporte para os abrigos das prefeituras.

Ele orienta as igrejas dos outros estados a fazerem doações via Pix diretamente para as igrejas atingidas, sem centralizar o destino dos recursos. “Não centralizar as doações, não doem para o Governo, mas doem direto para quem precisa. Doem itens de primeiro uso, roupas íntimas, colchão, cobertor, alimento e produtos de limpeza e doem algo que só crente tem, como terno, roupa social, sapato masculino e feminino, isso as doações não têm”, pede o pastor.

O religioso ainda cita a importância das igrejas em situações como esta, contando a história de um casal de idosos que foram resgatados por botes e, sem ter para onde irem, foram levados até a igreja, onde estão abrigados. Ao longo da noite, outras pessoas foram chegando para encontrar abrigo. “Imagina se a igreja estivesse fechada”, diz.

O pastor Lima Júnior, da Igreja Lagoinha Porto Alegre Ipiranga também mostrou nas redes sociais que o templo se tornou um abrigo para os moradores da capital que perderam suas casas. Ali eles foram alimentados, receberam roupas e kits de higiene pessoal.

A cantora Renata Marin tem se engajado nas campanhas de ajuda à população. Natural de Bento Gonçalves (RS), ela tem familiares que perderam suas casas e estão em abrigos. Usando sua influência com mais de 2,1 milhões de seguidores no Instagram, ela conseguiu ajudar uma família que estava ilhada em cima do telhado esperando socorro.

“Peço que se coloquem no lugar dessas pessoas que perderam seus entes queridos e tudo o que possuíam. Ajudem com oração que é a junção de clamar a Deus com ação!”, pede a cantora.

Você pode abraçar essa causa e contribuir para que os milhares de afetados por esta calamidade possam recomeçar suas vidas. Veja a seguir como contribuir: 

1- Governo do Rio Grande do Sul 

Chave Pix CNPJ 92.958.800/0001-38 – Nome SOS Rio Grande do Sul, banco Banrisul

2- Correios

As agências dos Correios dos estados de São Paulo e Paraná estarão recebendo doações de  alimentos da cesta básica, produtos de higiene pessoal, material de  higiene seco e itens de vestuário.

3- Força Aérea Brasileira

A Força Aérea Brasileira (FAB) deu início a uma campanha de coleta de donativos para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Roupas, colchonetes, água potável e alimentos não perecíveis podem ser doados para as bases aéreas do Rio de Janeiro (Galeão), São Paulo ou Brasília. 

4- Vaquinha do Badin, O Colono 

O influenciador Eduardo Gustavo Christ, mais conhecido como Badin – O Colono, criou uma vaquinha virtual e já arrecadou mais de R$ 10 milhões que serão destinados para entidades que atuam de forma imediata no socorro dos cidadãos que foram afetados pelas enchentes. Para ajudar, envie seu Pix para enchentes@vakinha.com.br

5- ADRA

A Carreta Solidária da ADRA (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) tem oferecido alimentos e lavagem de roupas, prestando apoio aos abrigos públicos que estão acolhendo os desabrigados. Para ajudar esta obra, a chave Pix é sos@adra.org.br

6- Assembleia de Deus Rio Grando do Sul

A Convenção de Igrejas Evangélicas e Pastores da Assembleia de Deus no Rio Grande do Sul (CIEPADERGS) encabeça uma grande mobilização entre as igrejas Assembleia de Deus do país para ajudar as vítimas das enchentes. A chave Pix é (51) 99638-6617.

7- Assembleia de Deus Lajeado

Em nove meses, a Igreja Assembleia de Deus Lajeado foi atingida pela segunda vez pelas águas do rio que passa pela cidade. Além disso, vários membros da igreja perderam todos os seus bens. Para ajudar essas famílias, a chave Pix da igreja ieadlajeado@hotmail.com

8- Igreja Brasa

A Igreja Brasa de Porto Alegre tem servido os Abrigos Emergenciais da Prefeitura com alimentação e também estão recebendo e entregando doações de alimentos, produtos de higiene pessoal e limpeza. Quem puder fazer doações presencialmente o endereço é Av. Dr. Carlos Barbosa, 80. O Pix da igreja pix@igrejabrasa.com

9- Igreja Lagoinha

A Igreja Lagoinha Canoas, uma das cidades mais atingidas, está arrecadando alimentos, água, produtos de higiene e roupas de cama. As entregas devem ser enviadas para a Avenida Guilherme Schell, 3466, Bairro Fátima – Canoas. A chave Pix é lagoinhacanoas.hope@gmail.com

10- Zion Church

As igrejas da Zion Church estão recebendo doações de alimentos não perecíveis, água, produtos de higiene pessoal, roupas e cobertores que serão enviados para o Rio Grande do Sul. Além disso, a igreja está recebendo doações via Pix, a chave é zionemacao@zionchurch.org.br

11- Hillsong São Paulo

O grupo Resposta Imediata, de ações sociais da Hillsong Church, também está envolvido nas ajudas para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Para ajudar esta empreitada, faça suas doações para respostaimediata@hillsong.com.br

12- Convenção Batista Brasileira

A Junta de Missões Nacionais, da Convenção Batista Brasileira, recebe doações através do Pix 33.574.617/0001-70. A igreja pede para que os doadores adicionem R$ 0,01 ao valor da doação para identificação do depósito para o SOS Rio Grande do Sul. Exemplo: R$ 20,01.

13- Paz Church de Porto Alegre

A Igreja Paz Church da capital gaúcha está servindo de abrigo para famílias e também está recebendo doações. A entrega de alimentos não perecíveis, produtos de higiene, agasalhos e roupas de cama deve ser feita presencialmente na Rua Dom Diogo de Souza, 380, Bairro Cristo Redentor. A chave Pix para doações é igrejapazpoa@gmail.com

14- Visão Mundial

A Visão Mundial estima que 15 mil crianças e adolescentes foram impactadas por este desastre, por isso se propõe a entregar Kits de Ternura ao maior número de crianças  afetadas. Os kits são formados por materiais como giz, cadernos, lápis, álcool em gel e jogos pedagógicos. Cada kit custa R$ 50,05 e as doações podem ser feitas pela chave Pix sos@visaomundial.org

15- Igreja Presbiteriana 

O Conselho de Ação Social da Igreja Presbiteriana do Brasil (CAS/IPB) está arrecadando dinheiro para ajudar irmãos e igrejas que sofreram pelas enchentes. O Pix deve ser feito para secretariaexecutiva@casipb.com.br