Siga nossas redes sociais

Principal

Evangelista diz que Trump é orientado por um grupo de pastores, o Daniel Company

Published

on

Os Estados Unidos da América é a única nação do planeta considerada uma hiperpotência, termo esse que se refere à superioridade de um país na área militar, econômica e cultural. Desse modo, o testemunho do seu presidente, Donald Trump, acerca da sua fé em Deus, é algo que se torna impactante para o mundo inteiro.

Por trás deste cenário, no entanto, há pessoas desconhecidas ou com pouca visibilidade, mas que desempenham um papel crucial na vida espiritual do presidente americano. São os pastores e líderes que compõe o grupo “Daniel Company”.

Segundo o televangelista americano Jim Bakker, esse grupo – informal – se dedica a interceder perante Deus em prol do governo americano, e a orientar Donald Trump segundo os valores cristãos, para que ele tome as decisões corretas em benefício da nação.

“Quando ele voa, tem pastores com ele”, diz Bakker sobre a presença constante de pastores ao lado de Trump. “Quando ele está na Casa Branca, tem pastores com ele. Eu conheço pessoas que o levaram a Cristo. Ele aceitou Jesus tantas vezes que, se for contar, o número é grande”.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, e a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, também fazem parte da Daniel Company. Assim, Bakker observa que Trump é o líder americano mais bem orientado biblicamente do que qualquer outro antecessor.

“[Trump] não é perfeito, nenhum de nós é perfeito. Mas ele está sendo ensinado e orientado e recebendo orações mais do que provavelmente qualquer presidente da história dos Estados Unidos”, disse o evangelista em seu programa de TV, no último dia 22.

Impacto na América Latina

Como uma das características de uma hiperpotência é a sua influência cultural sobre o mundo, sem dúvida o testemunho de fé do presidente Donald Trump se reflete nos líderes de outras nações.

Assim, Jim Bakker sugere que os desdobramentos políticos na América possuem uma conexão direta com a atuação da Daniel Company.

“Esta é provavelmente uma das razões pelas quais há milagres saindo da Casa Branca e por que há um milagre na América”, disse ele, que por fim lembra de uma frase dita por Trump contra o aborto: “Todas as crianças, nascidas e não nascidas, são feitas à imagem sagrada de Deus”.

“Você percebe quanta força é preciso para dizer o que aquele homem acabou de dizer? Os presidentes não falam mais assim porque têm que agradar a todos. Mas ele quer agradar a Deus. É por isso que o mundo o odeia”, conclui Bakker, segundo a CNS News.

*Com informações de CNS News.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *