Siga nossas redes sociais

Principal

Incêndio suspeito destrói três igrejas de comunidade negra nos Estados Unidos

Published

on

Imagem: Reprodução

Uma sequência de incêndios em menos de 10 dias chamou atenção das autoridades policiais nos Estados Unidos. Foram três templos cristãos, evangélicos, todos frequentados majoritariamente pela comunidade negra, incendiados misteriosamente, sem qualquer razão aparente capaz de explicar o início das chamas.

O curto prazo dos incidentes, a proximidade geográfica e o segmento específico da população desenharam um cenário considerado, no mínimo, estranho pelas autoridades.

“O que temos a dizer é que os incêndios são suspeitos”, disse o bombeiro H. Butch Browning, segundo o portal The Christian Post. “Nós acreditamos que crimes ocorreram. Acreditamos que os três incêndios obviamente não são coincidências, eles estão relacionados”.

“Essa é uma das mais complicadas e não convencionais cenas de crime que você já entrou porque a maior parte da evidência está queimada”, destacou.

O primeiro incêndio ocorreu em 26 de março na Igreja de Santa Maria Batista. A Igreja da Grande União queimou na última terça-feira (1), praticamente uma semana depois da primeira, enquanto a última, a Igreja Batista de Monte Agradável, queimou na madrugada de quinta-feira (04/04).

Todas às igrejas, localizadas em Opelousas, na Luisiana, foram completamente destruídas. Segundo o R7, Uma quarta igreja também foi incendiada, dessa vez frequentada majoritariamente pela comunidade branca, mas ela fica a 300 quilômetros de distância das outras, o que afasta um pouco a suspeita de estar correlacionada aos primeiros episódios.

Enquanto às investigações prosseguem, o que resta é a dor dos cristãos que perderam os templos que por décadas serviu de local para cultuar a Deus.

“A igreja tem sido parte de mim e eu sou o que me tornei por causa da igreja. Eu realmente não sabia o que fazer. Mas agora sei que a resposta está nas mãos de Deus”, disse Mary Thomas Espree, uma idosa de 70 anos, membro de uma das igrejas.

O governador John Bel Edwards, por sua vez, pediu a colaboração dos moradores de cada região para tentar desvendar a verdadeira causa dos incêndios. Ele também lamentou ocorrido e demonstrou empatia para com a comunidade cristã.

“Nós não sabemos a causa dos incêndios em St. Landry e em Caddo, mas meu coração está em cada uma das congregações e com todos que chamam essas igrejas de lar”, disse ele.

*Com informações de R7.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *