Siga nossas redes sociais

Principal

Cristão, ator de Game of Thrones visita crianças na África e diz que foi humilhado

Published

on

Compartilhe

Jerome Flynn, ator da aclamada série Game of Thrones, fez uma visita a crianças na África, especificamente no Sudão do Sul, como parte de um programa missionário da organização cristã World Vision UK (Visão Mundial Reino Unido).

Jerome comentou o encontro, lembrando de como foi impactado pela história de vida das crianças e jovens, muitos dos quais precisaram pegar em armas e até matar pessoas, forçados por grupos extremistas na guerra civil que assola o país desde 2011, quando se declarou independente.

“Algumas crianças foram sequestradas por grupos armados e forçadas a lutar, a matar e assistir a outras crianças serem mortas por não se manterem firmes”, disse ele.

“Outras fugiram de casas e vilarejos incendiados e buscaram refúgio em campos para deslocados, com pouca comida e sem educação”, destacou, lembrando que grande parte delas também perderam seus familiares.

“Muitas perderam mães, pais, irmãos e irmãs e foram forçadas a fazer escolhas que nenhuma criança deveria fazer, apenas para sobreviver”, completou Jerome, que é membro da Igreja Anglicana e atua como embaixador da Visão Mundial Reino Unido.

Ele contou que ficou surpreso com a capacidade de superação das crianças, que mesmo tendo perdido familiares e passado por traumas terríveis na guerra, continuam lutando pela vida e confiantes em Deus.

“Também vi esperança em um país dilacerado pela guerra”, disse ele. “Trabalhadores humanitários dedicados à Visão Mundial estão ajudando famílias desesperadas a unir suas vidas em meio ao caos”.

“Fiquei impressionado com a capacidade de resistência das crianças. Me senti humilhado pelo espírito delas e inspirado pela determinação de encontrar a felicidade”, disse ele, segundo informações da Visão Mundial.

Finalmente, mesmo estando em guerra e precisando sacrificar suas vidas para conseguir lidar com os horrores de massacres e outras atrocidades, Jerome reconhece a infância das crianças ainda está lá, em seus corações e mentes.

“Eu vi como a guerra custa às crianças sua inocência, mas nem sempre destrói suas infâncias. A bravura das crianças que conheci ficará comigo para sempre”, conclui.

*Com informações de Visão Mundial.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *