Siga nossas redes sociais

Principal

Bolsonaro retornará ao Gideões Missionários após ter recebido oração sobre ponto da facada

Published

on

Compartilhe

A edição 2019 do Congresso Gideões Missionários da Última Hora contará com a visita do presidente Jair Bolsonaro (PSL) no próximo dia 03 de maio. No ano passado, o então pré-candidato foi ao evento pentecostal e recebeu uma oração com imposição de mãos sobre o abdômen, no local onde seria esfaqueado meses depois.

A 37ª edição do Congresso dos Gideões Missionários da Última Hora (GMUH) começou no último sábado, 27 de abril, com a realização de uma cerimônia de entrega das chaves da cidade. Na próxima quinta-feira, 02 de maio, acontecerá uma nova apresentação, que é considerada pela organização a abertura oficial do evento.

No último domingo, 28 de abril, a equipe de segurança do presidente esteve em Balneário Camboriú para testar o trajeto que será feito pelo presidente entre o Pavilhão do Gideões e o ginásio municipal de esportes, os dois pontos de encontro dos fiéis.

Esta será a segunda vez que Bolsonaro comparece ao Gideões. No ano passado, ele visitou o evento como pré-candidato à presidência da República, foi apresentado ao público e recebeu uma oração do pastor Adão Santos, que era o preletor do período. Ele falou que sentia necessidade de orar por pessoas com problemas de estômago, e uma das pessoas que levantou a mão foi o então deputado federal, e um dos pastores presentes no palco impôs as mãos.

Em setembro, logo depois de Bolsonaro ter sido atacado por Adélio Bispo de Oliveira em Juiz de Fora (MG), o então presidente do Gideões Missionários, pastor Reuel Bernardino, usou as redes sociais para lembrar do episódio: “Capitão Jair Bolsonaro dia 29 de abril desse ano aqui no Gideões, tivemos o sentimento de orar pelo seu abdômen! Seria coincidência ou providência divina? Reflita”, escreveu.

A expectativa dos organizadores é que o evento deste ano tenha grande comparecimento dos fiéis. De acordo com informações do portal NSC Total, o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) deverá acompanhar Bolsonaro na visita ao evento, que terá preleção do pastor e deputado federal Marco Feliciano nos dias 04 e 05 de maio.

Durante todos os dias, de sábado a 6 de maio, a programação do evento acontecerá no Pavilhão do GMUH e no ginásio municipal de esportes Governador Irineu Bornhausen, no centro de Camboriú. O pastor Hueslen Santos, vice-presidente do Gideões Missionários, acredita que o congresso irá receber mais de 100 mil pessoas, além dos 100 preletores brasileiros e estrangeiros e 500 cantores já confirmados.

Terra Nova

O presidente Jair Bolsonaro enviou felicitações ao líder do Ministério Internacional da Restauração (MIR) no Twitter, por ocasião dos 20 anos do Congresso Resgate da Nação. E de quebra, acusou mais uma vez um veículo do Grupo Globo de produzir fake news.

“Meu muito obrigado ao Apóstolo Renê Terra Nova. Parabéns pelos 20 anos do Congresso RESGATE DA NAÇÃO”, escreveu o presidente.

Em seguida, ele compartilhou um printscreen de uma publicação do jornalista Guilherme Amado, da revista Época, que garantia que o filho do presidente, Carlos Bolsonaro, havia vetado o acesso do pai à própria conta no Twitter como decorrência de uma discussão em família. O presidente se limitou a dizer: “Fake news”.

*Com informações de NSC Total.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *