Siga nossas redes sociais

Global

Pastor é arrastado da reunião de oração e espancado na Índia

Published

on

Culto em uma igreja improvisada na Índia / Foto: Reprodução

ÍNDIA – No final do mês de julho, indivíduos que se acreditavam serem nacionalistas radicais hindus interromperam uma reunião particular de oração e espancaram o pastor no norte da Índia.

O pastor foi então denunciado à polícia local por supostamente converter indivíduos ao cristianismo. O pastor Raju Prassad é o líder de um pequeno grupo de comunhão em Kanshiram Colony, Uttar Pradesh. Sendo um pastor na Índia, ele esperava oposição de nacionalistas hindus radicais.

No entanto, ele ficou muito surpreso e assustado quando membros de Bajrang Dal invadiram sua reunião privada de oração. Segundo o pastor Prassad, ele estava apenas orando pelas pessoas em sua comunhão quando os nacionalistas atacaram.

O ataque começou quando os nacionalistas identificaram e perseguiram algumas mulheres e dois homens que estavam a caminho da reunião de oração. Os nacionalistas abusaram física e verbalmente desses indivíduos.

Quando chegaram na casa, os ataques continuaram. Os nacionalistas arrastaram o pastor Prassad para fora da casa, onde o espancaram completamente. Quando a polícia chegou ao local, prenderam o pastor Prassad e o mandaram para a delegacia. Ao chegar à delegacia de polícia em Chakeri, os nacionalistas continuaram a bater o pastor Prassad.

O pastor e seus companheiros passaram cinco horas na delegacia de polícia antes de serem autorizados a sair. Após uma investigação policial, eles descobriram que não houve conversões na reunião.

Nenhuma medida foi tomada para punir os nacionalistas por sua brutalidade.

*Com informações de Christian News

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *