Siga nossas redes sociais

Depoimentos

Malafaia mostra estudo sobre a não existência do gene gay

Published

on

Compartilhe

Pastor afirmou que ensinar sexualidade para crianças é covardia

O pastor Silas Malafaia publicou um vídeo no último sábado (7), em que comenta o estudo divulgado pela revista Science, que aponta a inexistência de um gene gay, ou seja, de que uma pessoa venha desde o nascimento com uma determinação homossexual, assim como acontece com fatores como altura, formato do rosto, e de outras partes do corpo. Malafaia afirmou que ele já defendia esse ponto de vista há muito tempo.

– Eu falo há muito tempo. Vão dizer que é o quê? Que são fundamentalistas, os evangélicos, a direita? Papo furado, ninguém nasce gay – disse.

O pastor também explicou que, na opinião dele, três fatores são as fontes do comportamento homossexual: Abuso sexual, problemas com a figura paterna e o modelo de imitação, já que os seres humanos são seres sociais. Por isso, ele disse achar absurdo o ensino de sexualidade para crianças.

– A maior covardia é querer ensinar sexualidade para crianças, é mostrar uma figura de dois homens se beijando, duas mulheres se beijando. Você está reforçando um comportamento – defendeu.

Malafaia encerrou dizendo ser ridículo comparar a homossexualidade ao conceito de raça.

– Raça é condição, homossexualismo é comportamento. Como tantos outros comportamentos que o ser humano tem, por que o ser humano é um ser inteligente, tem livre arbítrio e adquire comportamentos na sociedade – completou.

Fonte: Pleno NewS