Siga nossas redes sociais

Entrevistas

Entrevista Alex Kendrick

Published

on

Alex Kendrick esteve na pré-estreia do filme “Mais Que Vencedores” que aconteceu em São Paulo no dia 16 de novembro no Cinemark do Shopping Cidade São Paulo.

Leiliane Lopes: O primeiro filme produzido por vocês não foi para o cinema. Hoje vários foram sucesso de bilheteria.  O que mudou desde 2003?

Alex Kendrick: Primeiro a gente está  aprendendo a fazer um filme cada vez melhor  à medida que a gente produz.

Mas, o mais importante é que a gente pede a Deus para que ele abençoe o filme e a gente faz o que Ele diz pra fazer, então a gente acredita que o sucesso é porque Ele tem nos abençoado.

Leiliane Lopes: Acredito que vocês recebam muitas histórias para transformar em filmes. Como é o processo de escolha?

Alex Kendrick: Passamos por uma temporada de oração e pedimos para Deus confirme qual história devemos fazer e Ele sempre faz isso [nos leva a escolher a melhor história].

Leiliane Lopes: Como foi a produção de “Mais Que Vencedores”? Teve algum desafio?

Alex Kendrick: Produzir filmes é difícil. Leva bastante tempo, muitas pessoas e muito dinheiro. Então são muitos desafios. Tempo problemas do clima, problemas com equipamentos e, às vezes, problemas com pessoas. Mas todos os dias a gente começa com uma oração e Deus nos ajuda até o final.

Leiliane Lopes: Qual o filme foi mais desafiador que vocês já fizeram? 

Alex Kendrick: Provavelmente o “Corajosos” (2011). Tinha muita ação, muita emoção e mudou com o tópico pro homem. Mas valeu a pena e Deus usou.

Leiliane Lopes: O filme ficou três semanas seguidas estre os mais assistidos. Foi uma surpresa? 

Alex Kendrick: Eu nunca sei o que Deus vai fazer, mas normalmente Ele nos surpreende todas as vezes. Então estou super animado com o que Ele vai fazer no Brasil.

Leiliane Lopes: Qual o papel mais difícil exercer: pastor, produtor ou ator? 

Alex Kendrick: Pastor (risos).

Sinopse do filme

O técnico de basquete, John Harrison (Alex Kendrick), vê sua vida ao avesso quando a escola onde ele e sua esposa, Amy Harrison (Shari Rigby), ensinam é impactada pelo fechamento da maior fábrica da cidade.Em meio às incertezas e forçado a treinar um esporte do qual ele não gosta, John é inspirado por uma amizade surpreendente e uma atleta improvável, Hannah (Aryn Wright- Thompson).Rumo a uma jornada de desafios e descobertas, John e Hannah seguem na maior corrida de suas vidas.Trailer:

Leiliane Lopes, Jornalista formada, trabalha para veículos online desde 2003 e, ao longo desses anos, tem escrito para diferentes sites e blogs. Aborda temas como política, religião, beleza, viagens, moda, comportamento e etc. Através da All Conteúdo, presta serviço de produção textual para agências de marketing digital, sites de notícias e blogs corporativos .