Siga nossas redes sociais

Destaques

Cristãos indianos enfrentam perseguição de extremistas hindus

Published

on

Protestos em todo país aumentam a violência entre a população

Índia é palco de violentas manifestações desde o dia 14 de dezembro, quando o parlamento indiano aprovou uma Lei de Emenda da Cidadania (CAB, na sigla em inglês) para dar a nacionalidade indiana a pessoas de alguns países que entraram de maneira ilegal no país antes do dia 31 de dezembro de 2014, desde que não sejam muçulmanas. A população teme que o projeto incentive a migração de refugiados hindus vindos de Bangladesh e de outros países da região.

De acordo com grupos islâmicos, partidos de oposição e organizações de direitos civis, a nova medida do governo é uma manobra para implementar o nacionalismo hindu, em que só é considerado indiano aquele que professar a fé no hinduísmo. Desde que o primeiro-ministro Narendra Modi chegou ao poder, em 2014, o extremismo religioso cresceu e aumentou a perseguição aos cristãos do país.

Pelos motivos citados, a Índia ocupa o 10º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2019, e o resultado disso é o crescimento de medo e incertezas em relação ao futuro dos seguidores de Jesus. A negligência das autoridades diante dos ataques contra igrejas só encoraja a ação dos agressores radicais, aumentando a violência nos próximos anos. Ore pela paz e justiça no país.

Campanha Global Índia

Ser uma criança cristã nesse contexto não é um privilégio, já que elas são agredidas, rejeitadas, violentadas e até mortas por causa da fé dos pais. Contribua com a Campanha Global Índia e forneça itens básicos e estudo bíblicos para os pequenos indianos. Essa é uma das maneiras encontrada pela Portas Abertas de fortalecer os cristão no contexto de perseguição.

Com informações Portas Abertas*

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *