Siga nossas redes sociais

Destaques

Óbitos em maio já superam os ocorridos nos últimos 2 meses

Published

on

Em toda área do Condemat, que inclui Guarulhos e Santa Branca, foram registradas 161 mortes desde 1º de maio


Cidades13/05/2020 20:05Atualização

Óbitos em maio já superam os ocorridos nos últimos 2 meses

Em toda área do Condemat, que inclui Guarulhos e Santa Branca, foram registradas 161 mortes desde 1º de maio

Com mais 11 óbitos confirmados ontem, o número de mortes por coronavírus nesses 13 dias de maio já ultrapassa os registros de março e abril nas cidades que compõem o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), incluindo Guarulhos e Santa Branca. Hoje, as 12 cidades atingiram a marca de 318 vítimas fatais, com uma taxa de letalidade de 12,1%. Nos dez municípios da região já são 165 óbitosOs 11 óbitos registrados nesta quarta-feira ocorreram em Guarulhos (homem – 64 anos, mulher – 89 anos, mulher – 62 anos, mulher – 69 anos e homem- 61 anos); Itaquaquecetuba (mulher – 61 anos); Mogi das Cruzes (homem – 72 anos); Salesópolis (homem – 82 anos); e Suzano (mulher – 66 anos, mulher – 66 anos e homem – 80 anos).Nesses 13 dias de maio morreram 161 pessoas com diagnóstico de Covid-19. Em março e abril, as vítimas fatais somavam 157 (seis óbitos em março e 151 em abril). O aumento registrado de mortes nesse mês é de 103% em relação ao último dia 30.Os municípios do Condemat somam, hoje, 11.145 notificações por coronavírus, das quais 2.619 foram confirmadas, com 318 óbitos e 1.362 pacientes recuperados (os demais estão internados ou em acompanhamento domiciliar). A área do consórcio também teve 4.387 casos descartados e há 2.098 aguardando resultados de exames.Com relação aos óbitos, Guarulhos lidera as estatísticas com 152 registros. Em seguida estão Mogi das Cruzes (39 mortes), Itaquaquecetuba (37) e Suzano (32).”Tivemos um aumento de casos e de óbitos, similares ao de nossas projeções. O que devemos pensar daqui para frente é que o isolamento social vai ser fundamental na definição deste quadro”, destacou Adriana Martins, coordenadora da Câmara Técnica de Saúde do Condemat. “O vírus não anda, nós é que o levamos. É muito importante ficar em casa porque estamos em uma fase muito crítica da doença na Região Metropolitana de São Paulo”, acrescentou a coordenadora.QuarentenaOs prefeitos do Consórcio de Desenvolvimento mantém o alinhamento de cumprir as regras da quarentena determinada para todo o Estado de São Paulo, inclusive com as restrições ao funcionamento de salões de beleza e academias de ginástica (leia mais na página 7), até 31 de maio. O entendimento dos prefeitos é que o Alto Tietê está muito colado com a capital paulista e a conduta de um município interfere diretamente nas cidades vizinhas e pode comprometer a eficácia das medidas adotadas para contenção do vírus.

Com informações Portal News

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *