Siga nossas redes sociais

Destaques

Polícia invade culto privado na China e agride cristãos

Published

on

Compartilhe

Um membro da igreja teve duas costelas quebradas quando 100 policiais forçaram o seu caminho

Imagens de vídeo dramáticas mostram a polícia invadindo a porta de um apartamento particular na cidade de Xiamen e removendo à força membros da Igreja de Xingguang, apesar dos apelos por líderes cristãos à calma. As crianças podem ser ouvidas gritando quando os fiéis são jogados no chão pela polícia. Um líder cristão levanta as mãos pedindo calma enquanto a polícia entra no culto da igreja .

Cerca de 20 cristãos estavam ao serviço e vários corajosamente continuaram cantando o hino Amazing Grace quando a polícia começou a apreender telefones celulares. Seis homens cristãos detidos pela polícia foram libertados mais tarde naquele dia.

Uma mãe cristã mantém seu filho aterrorizado enquanto a polícia entra no culto privado

No mês passado, as autoridades prenderam o pastor Zhao Huaiguo, da Igreja de Betel, na província de Hunan, acusando-o de “incitar a subversão do poder do Estado”. Tanto a Igreja de Betel quanto a Igreja de Xingguang estão sujeitas a crescente pressão e assédio por se recusarem a se registrar na associação de três indivíduos sancionada pelo Estado.

As crianças podem ser ouvidas gritando nos vídeos enquanto a polícia luta com um cristão no chão

repressão contínua contra a Igreja pelas autoridades chinesas viu centenas de igrejas domésticas e igrejas oficiais de “três eu” sancionadas pelo Estado serem fechadas. Medidas cada vez mais repressivas incluem a prisão e prisão de pastores, a instalação de câmeras de vigilância dentro das igrejas e a remoção de símbolos e textos religiosos da exibição.

Com informações Barnabas Fund

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *