Siga nossas redes sociais

Destaques

Igreja vandalizada na ilha grega de Lesbos agora sendo usada como banheiro

Published

on

Uma igreja na ilha grega de Lesbos, atacada por vândalos no início deste mês, agora está sendo usada como lavatório .

“O cheiro lá dentro é insuportável”, postou um ilhéu no Twitter. Ele disse que as autoridades da igreja na capital da ilha, Mitilene, estavam cientes da situação na Igreja de Santa Catarina, na pequena cidade de Moria, onde se localiza um enorme campo de refugiados, mas não fizeram nada a respeito.

A capela de Santa Catarina, no caminho para o campo, foi vandalizada em abril , antes da Páscoa, pela segunda vez em dois anos, apesar de suas portas estarem trancadas. O ataque levou um ilhéu a lamentar que as capelas de Moria estavam sendo “profanadas todos os dias”.

No mês passado, as portas de entrada de madeira da Igreja de São Rafael , perto do campo, foram arrombadas e os danos causados ​​ao interior da capela.

Em março, a Igreja St George , outra igreja bem-amada perto de Moria, foi vandalizada, causando muita tristeza na área. Os vândalos destruíram itens e móveis religiosos históricos do interior do edifício.

O campo de Moria foi construído para abrigar 3.000 refugiados, a maioria do Afeganistão e da Síria, mas agora possui pelo menos 20.000. A ilha, que tem uma população de 90.000 cidadãos, sofreu um aumento no crime desde o início da crise dos refugiados em 2015, com confrontos entre policiais e refugiados ocorrendo quase diariamente.

Com informações Barnabas Fund

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *