Siga nossas redes sociais

Artigos

Confiança nas promessas​

Published

on

Compartilhe

 Por Leandro Tarrataca*

“E assim, tendo Abraão esperado com paciência, alcançou a promessa” (Hebreus 6:15).

Todos nós enfrentamos momentos difíceis. Todos nós podemos enfrentar momentos que levam a um desencorajamento, até mesmo à desesperança.

Alguns chegam a um grau de desesperança tão grande, que desistem da própria vida.

Pense em um funcionário, que coloca suas expectativas em uma ascensão profissional, mas só recebe críticas de seu superior.

Ele pode sentir falta de esperança.

Ou uma esposa que sonhe em ter um bom casamento, uma família sólida, e descobre a infidelidade do marido.

Resultado: desesperança.

Ou, um casal que deseja ter filhos, mas a mulher sofre sucessivos abortos.

Esse casal pode perder a esperança. São tantas e variadas pressões que tentam nos roubar a esperança.

Mas, o problema da desesperança é que, onde não há esperança no futuro, não pode haver poder de realização no presente. O combustível para realizar hoje é a esperança segura quando ao que Deus fará amanhã.

Não é à toa que a Bíblia fala abundantemente sobre a questão da esperança e da desesperança.

Em Hebreus 6, versículos 13 a 15, temos Abraão como exemplo de confiança em Deus, ou como exemplo de alguém que pôs em prática a esperança.

Mesmo depois das promessas recebidas, e tudo parecia conspirar contra o cumprimento das suas promessas, por exemplo, a de ter um herdeiro (ele já era idoso, sua esposa, estéril) ele continuou confiando em Deus.

Eu não sei o que me aguarda no futuro, mas sei quem guarda meu futuro!

*Leandro Tarrataca, pastor, mestre e doutor em Teologia.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *