Siga nossas redes sociais

Global

Policial evita suicídio de uma mulher após ler passagem da Bíblia

Published

on

Compartilhe

O policial Juan Osorio e o momento de sua conversa com a mulher. (Foto: Reprodução / ACI)
PARAGUAI – A ação heroica de um policial que impediu uma mulher de pular de uma ponte e acabar com sua vida após ler uma passagem da Bíblia viralizou no Paraguai. O incidente ocorreu no domingo (9), na ponte Costa Cavalcanti, que liga Ciudad del Este a Hernandarias (Alto Paraná), local onde foram registrados numerosos casos de suicídio.
Naquele dia, o agente do Grupo Especial de Operações (GEO), Juan Osorio, chegou ao local, se aproximou e teve uma conversa de quase 30 minutos com uma mulher que tentava pular do alto da ponte. Segundo o jornal paraguaio Extra, a mulher vinha enfrentando a recente morte de sua filha, que a deixou em profunda depressão.
Durante a conversa emocionante, o policial leu para ela o Evangelho de João 1, 51 e os dois choraram. “Em verdade, em verdade vos digo: vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem”, foi a passagem lida. “Sempre carrego minha Bíblia desde que fui baleado em um ataque. Escolhi o capítulo 1, versículo 51 do livro de João, porque já o li antes. E naquele momento ela parecia ter uma explicação de que Deus estaria com ela, isso lhe disse”, contou o policial ao Extra.
“Eu estava conversando com ela e meu cérebro enquanto isso calculava ‘metro-hora’ o que poderia acontecer. Eu tremia e minhas mãos suavam, se eu a agarrasse ou soltasse, seria minha culpa. Perguntei-me sobre o porquê eu estava ali”, acrescentou.
Durante a conversa entre os dois, uma voluntária apareceu na cena e também começou a falar com a mulher. Foi esse momento de distração que Osorio aproveitou para se mover rapidamente e resgatar a mulher, afastando-a da beira da ponte.
“Perguntou-lhe uma coisa e ela apontou: ‘está lá’, disse e a senhora olhou e eu a abracei ali e a tirei da ponte”, acrescentou o policial ao jornal paraguaio.
*Com informações de Jornal Extra (Paraguai)

 



Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *