Siga nossas redes sociais

Global

Japão pede cooperação “para acompanhar a expansão chinesa”

Published

on

Caça Su-30 do Exército Popular de Libertação da China (à direita) voando perto do bombardeiro H-6K durante manobras no mar da China Oriental. (Foto: AP Photo / Shao Jing)

JAPÃO – O ministro da Defesa japonês, Taro Kono, pediu nesta quarta-feira (9) uma maior cooperação na região do Indo-Pacífico para conter as atividades chinesas. “Para acompanhar a expansão chinesa. Acho que precisamos forçar a China a pagar algum custo quando eles estão violando regras internacionais, normas internacionais. Os Estados Unidos e o Japão sozinhos não podem fazer isso. Acho que precisamos trabalhar com a comunidade global. Portanto, um mecanismo regional maior, ou mecanismo global, seria necessário”, disse Kono em uma videoconferência realizada pelo Centro para Estudos Internacionais e Estratégicos, de Washington.

O ministro também chamou a atenção para o rápido desenvolvimento da capacidade de mísseis da Coreia do Norte e pediu mais atenção para as intenções de Pyongyang, segundo a agência de notícias Yonhap.

Nos últimos anos, o Japão expressou preocupação crescente com relação às atividades de Pequim na região, especialmente no que diz respeito à situação das disputadas ilhas Senkaku, conhecidas na China como ilhas Diaoyudao e reivindicadas por Pequim como território chinês.

*Fonte: br.sputniknews.

 



Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *