Siga nossas redes sociais

Destaques

Quem era Arolde de Oliveira, que dedicou 38 anos à política

Published

on

Jefferson Rudy/Agência Senado Fonte: Agência Senado

Parlamentar deixa legado nas Telecomunicações, no segmento gospel e na política brasileira

Com 38 anos de vida política, Arolde de Oliveira, morto aos 83 anos por complicações da Covid-19, exercia seu primeiro mandato como senador. Antes de ser eleito em 2018, o militar, engenheiro, cientista, empreendedor e visionário já havia contribuído para o Brasil por nove mandatos como deputado federal.

Gaúcho de São Luiz Gonzaga, Arolde deu contribuições marcantes ao setor das Telecomunicações. Foi responsável pela entrada do sistema de comunicação por celulares no Brasil e pela redação de muitos textos da Constituinte de 1988, especialmente os que tratam sobre comunicação e liberdade de imprensa.

Ainda no início da juventude, ingressou na Escola Preparatória de Cadetes de Porto Alegre. Em seguida, entrou para a Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, Rio de Janeiro, onde cursou Engenharia de Combate. Dois anos depois, em 1960, ingressou no Instituto Militar de Engenharia (IME), também no Rio, onde se formou em Engenharia Eletrônica.

E não parou por aí. Incansável, fez pós-graduação em áreas correlatas de sua formação. Estudou Física Quântica, Matemática Moderna, Engenharia Econômica e Ciências Econômicas. Em 1982, fez também a Escola Superior de Guerra.

Após encerrar a carreira militar, Arolde passou a se dedicar à área executiva na Empresa Brasileira de Telecomunicações, a Embratel. Ele foi um dos primeiros engenheiros a participar da estruturação do Plano Nacional de Telecomunicações, que revolucionou a vida dos brasileiros. Tornou-se diretor de Engenharia da Embratel e foi morar nos Estados Unidos, onde desenvolveu ainda mais o gosto pelas Telecomunicações.

Já de volta ao Brasil, na década de 1980, assumiu como deputado federal interino em 1983 e desde então veio se reelegendo em mandatos consecutivos na Câmara, onde permaneceu até 2018. Neste período, passou pelos partidos PDS (1982-1986), PFL (1986-2007), DEM (2007-2011), PSD (2011-2017), PSC (2017-2018). Em 2018, novamente no PSD, conquistou uma vaga no Senado Federal, onde vinha exercendo ainda com mais afinco a defesa da família brasileira e de valores morais.

O EMPRESÁRIO AROLDE DE OLIVEIRA
Aficcionado por Comunicação e dono de uma grande fé, Arolde de Oliveira, junto de sua esposa, Yvelise de Oliveira, uniu duas paixões em uma só e fundou a gravadora de discos MK Music, em 1987. O empreendimento inicialmente surgiu para incentivar a carreira musical da filha do casal, Marina de Oliveira, com a venda de seus LPs.

Mas pouco tempo depois, em 1992, a família Oliveira adquiriu a Rádio 93FM, iniciando uma verdadeira revolução no segmento da música gospel, profissionalizando e expandido a gravadora MK Music.

Em 2017, fundou o site de notícias Pleno.News com o objetivo de ser uma referência segura de conteúdo, principalmente no momento de profusão das fake news.

Arolde de Oliveira deixa a esposa Yvelise de Oliveira, com quem era casado há 59 anos, a filha, Marina de Oliveira, e quatro netos.

Conhecido por sua atuação pautada em valores cristãos, Arolde de Oliveira dedicou a vida ao Evangelho de Jesus Cristo. Fora de Brasília, mantinha com a esposa, dona Yvelise de Oliveira, o grupo MK de Comunicação.

Fonte:https://pleno.news/brasil

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *