Siga nossas redes sociais

Destaques

O que é MeWe? Entenda como funciona e como usar a rede social

Published

on

Rede social é alternativa ao Facebook para quem deseja mais privacidade — Foto: Barbara Ablas/TechTudo

O serviço é gratuito, não exibe anúncios e promete não rastrear dados dos usuários

MeWe é uma rede social gratuita que não possui anúncios e promete não armazenar dados pessoais, ao contrário de outras plataformas como FacebookInstagram Twitter. Com cerca de oito milhões de usuários no mundo, a MeWe se autodenomina anti-Facebook e a clama ser a próxima geração de rede social. Em sua política de uso, a empresa promete segurança e privacidade total das informações dos participantes.

A plataforma também vem se popularizando como uma alternativa ao serviço de Mark Zuckerberg, diante da insatisfação de alguns usuários com as denúncias de violação de privacidade, interferência em processos eleitorais e censura de conteúdos. A seguir, entenda como funciona a MeWe e como usar a rede social.

O que é MeWe?

MeWe é uma rede social estadunidense lançada em 2012 que funciona de forma semelhante ao Facebook. A proposta da plataforma se baseia na segurança de dados, de forma que deixa explícito na Declaração de Direitos de Privacidade que as informações dos usuários não estão ao alcance da empresa.

Na prática, isso significa que a MeWe reconhece publicamente que os dados pertencem exclusivamente aos usuários e que o controle de sua privacidade cabe somente a eles. Nos últimos anos, a plataforma vem crescendo em número de usuários e chamando a atenção da mídia pelo seu posicionamento crítico em relação à política de monitoramento de dados dos concorrentes.

Como funciona a MeWe?

Um dos atrativos da rede social é que o sistema não usa algoritmos no feed de notícias para ranquear os conteúdos. Dessa forma, os posts aparecem na ordem cronológica e os membros têm acesso a tudo que foi postado. Outro detalhe é que a empresa afirma, em sua política de privacidade, que não utiliza tecnologia de reconhecimento facial, o que ajuda a preservar informações pessoais.

A rede também não expõe os usuários a anúncios, banners e propagandas de produtos. O lucro é proveniente de serviços extras que podem ser comprados na plataforma como aplicativos, emojis, e a WeMe Pro, que é a versão corporativa da plataforma.

MeWe possui interface semelhante ao Facebook mas não mostra anúncios — Foto: Reprodução / Barbara Ablas

MeWe possui interface semelhante ao Facebook mas não mostra anúncios — Foto: Reprodução / Barbara Ablas

Quem pode usar?

Os termos de uso do serviço recomendam a plataforma para maiores de 16 anos que estejam de acordo com os Termos de Serviço da plataforma. Vale dizer que uma das regras é que a WeMe reserva-se o direito de encerrar a conta do usuário em caso de inatividade por um período superior a 12 meses.

Além disso, a rede social oferece uma versão Pro, com o intuito de criar um espaço de comunicação voltado para uma equipe de funcionários de uma empresa. A ferramenta é semelhante ao Workplace do Facebook, a plataforma corporativa da rede social.

Plataformas disponíveis

A MeWe pode ser acessada em computadores com os sistemas Windows e macOS, pelo navegador como Windows ExplorerFirefox e Google Chrome, além de aparelhos Android e iPhone (iOS).

Para acessar pelo smartphone, o usuário pode baixar o app na Google Play Apple Store. Não há diferenças significativas entre as versões web e mobile. Entretanto, no celular, é possível criar Stories que ficam no ar por 24 horas, da mesma maneira que acontece no Instagram e no Facebook.

Principais recursos da MeWe

A MeWe possui recursos semelhantes aos do Facebook, como controle de privacidade das postagens, possibilidade de seguir páginas, pessoas e bloquear contatos indesejados. Ao criar uma conta o usuário pode optar por restringir os contatos que podem ver as publicações em “Meus Contatos”, “Close Friends” (amigos próximos) ou deixar público.

Na linha do tempo, você pode postar textos, fotos, vídeos, GIFs, enquetes e até mensagens de voz. Também é possível criar e participar de grupos por interesse. Alguns são abertos e falam de temas como música, animais, tecnologia e esporte. Para buscar grupos, basta usar a barra de pesquisa no alto da página.

Já o recurso de bate-papo funciona individualmente ou em grupos, e permite enviar texto, voz, imagens, arquivos e até um “chat secreto”. De acordo com a MeWe, a troca de mensagens entre os usuários é criptografada de ponta a ponta e a empresa não tem como decifrar o conteúdo. Outro destaque é o recurso “My Cloud”, um serviço de nuvem com 8 GB de armazenamento que centraliza tudo que o usuário posta na rede. Assim, a ferramenta pode facilitar a exclusão ou o compartilhamento de arquivos.

Principais diferenças para o Facebook

Em relação à MeWe, o Facebook possui mais recursos, como relatórios de análises das publicações e a possibilidade de patrocinar posts. Além disso, a rede social permite reagir a postagens e atualizar o status indicando como o usuário está se sentindo. Na página inicial da MeWe, o participante pode compartilhar apenas algumas ações pré-definidas, como o que está comendo, bebendo ou assistindo. Por outro lado, o Facebook não tem o recurso de gravar a voz e postar na timeline.

O Facebook também concentra mais pessoas, com cerca de três bilhões de usuários no mundo. A MeWe, especialmente no Brasil, conta com um número menor de participantes, o que pode dificultar a criação de uma rede de contatos. Contudo, a plataforma vê o país como seu segundo maior mercado após os Estados Unidos, onde tem mais de 1,5 milhão de usuários.

No entanto, a diferença mais marcante entre as plataformas é a proteção da privacidade dos dados e a forma como são financiadas. No caso do Facebook, a receita vem dos anúncios das empresas para as quais plataforma envia relatórios detalhados sobres as atividades dos usuários e suas preferências. A MeWe, por sua vez, não armazena cookies, nem exibe anúncios de qualquer tipo.

Como se cadastrar e usar a MeWe

O primeiro passo é entrar no site da MeWe, cadastrar apenas o nome, sobrenome e um endereço de e-mail, que deverá ser confirmado por mensagem. Em seguida, basta fazer o login para começar a interagir na rede. Ao se inscrever, o sistema pede autorização para usar as agendas de contatos vinculadas ao e-mail utilizado no cadastro ou o número do celular.

Após o upload, é possível enviar convites para seus amigos participarem da rede também. A plataforma tem integração com outras redes sociais e serviços de e-mail pelos quais o usuário pode convidar pessoas para se conectarem à MeWe.

Usuários podem usar a integração da MeWe com outros serviços para enviar convites — Foto: Reprodução / Barbara Ablas

Usuários podem usar a integração da MeWe com outros serviços para enviar convites — Foto: Reprodução / Barbara Ablas

No lado direito da página, ao clicar em “Configurações”, você pode ajustar suas opções de privacidade, visibilidade dos contatos e determinar quem pode ou não enviar convites e mensagens. É possível ainda escolher, em “Preferências do feed”, quais publicações e comentários devem estar fixados no topo do feed. Essas opções funcionam de maneira similar no Facebook.

Quanto custa?

A edição básica do serviço é gratuita, mas também há ofertas de planos mais avançados. A versão MeWe Pro custa US$ 4,99 (cerca de R$ 26) por mês e oferece, entre outras funcionalidade, 100 GB de espaço e chamadas ilimitadas de voz e vídeo. Fora do plano, as ligações têm valor de US$ 1,99 por mês (cerca de R$10). É possível fazer um teste grátis por 30 dias.

Via MeWeForbes , ZDNet e Facebook

Fonte: https://www.techtudo.com.br/

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *