Siga nossas redes sociais

Destaques

‘Eleitor aprova o jeito democrático do Podemos’, diz presidente Renata Abreu

Published

on

Compartilhe

As eleições municipais mostraram que a política implementada pelo Podemos é a política que a população aprova. O Podemos surgiu há 3 anos e devolveu ao cidadão o que a redemocratização foi lhe tirando aos poucos, ou seja, o seu direito constitucional de participar das principais decisões do Brasil, e não só de apenas votar em anos eleitorais. “Os eleitores aprovaram o jeito democrático do Podemos, que é decidir sempre junto com o povo”, diz a presidente nacional do partido, deputada federal Renata Abreu (SP).

No grande teste que foram as recém concluídas eleições, 1.524 vereadores e 99 prefeitos do Podemos foram eleitos em 15 de novembro. E no último domingo (dia 29) veio a ratificação popular e o Podemos conquistou seis das noves prefeituras disputadas, tornando-se um dos partidos mais vitoriosos do segundo turno.

“É essa política democrática de parceria que o povo cobrava desde as manifestações de 2013, quando saiu às ruas pra reclamar seu espaço constitucional de decidir além do voto eleitoral. Nós ouvimos as vozes das ruas, e assim nasceu o nosso Podemos, que não é oposição nem situação, não tem lado, mas caminha pra frente e lado a lado com a população”, ressalta deputada federal Renata Abreu.

“O eleitor disse ‘não’ ao protagonismo radical de esquerda e de direita. E disse ‘sim’ a quem caminha com ele, com transparência, democracia direta e participação popular. E nós, do Podemos, não abrimos mão de dividir com o povo o nosso posicionamento sobre temas de suma importância para a sociedade”, complementa Renata Abreu (SP).

Nestas eleições, o partido lançou candidatos a prefeito e vereador que falam a língua de sua gente, que conhecem, vivem e convivem com os problemas e as necessidades dos moradores, e, principalmente, que sabem ouvir a dialogar com todos os segmentos sociais.

JOVENS LIDERANÇAS

Além do significativo resultado nas urnas, o Podemos revelou jovens lideranças com futuro promissor. No Estado de São Paulo, um dos destaques é Caio Cunha, 42 anos, vereador por dois mandatos e que venceu o segundo turno em Mogi das Cruzes, com 58,39% dos votos válidos. Dentro das diretrizes do Podemos, Caio vai fazer um mandato participativo, elaborando com a população um projeto para as próximas quatro décadas na cidade. “A nossa proposta é a criação de uma agência norteadora, em que a gente vai pensar a cidade para os próximos 40 anos. E cada próximo prefeito vai ter que assumir um compromisso de dar continuidade ao projeto”, diz o futuro prefeito.

Mais um líder de destaque é Kayo Amado, que venceu o segundo turno em São Vicente, com 56,30% dos votos válidos. Servidor público, ele tem 29 anos. “Vou junto com cada vicentino construir uma cidade digna para todos. Vamos escrever uma nova história. Colocar São Vicente no lugar que merece”, diz o prefeito eleito.

Outra grande liderança do Podemos e que teve seu nome altamente qualificado nas urnas é Igor Soares, 39 anos, reeleito prefeito de Itapevi com votação histórica: 98% dos votos válidos. Em Osasco, igualmente fortalecido está Rogério Lins, 42 anos, que também teve sua gestão aprovada, sendo reeleito com mais de 61% dos votos válidos.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *