Siga nossas redes sociais

Entretenimento

Projeto Antenas: a RTM espalhada por todo Brasil

Published

on

Compartilhe

A pandemia da Covid-19, que assolou o mundo em 2020, fez com que as pessoas passassem a ouvir mais rádio dentro de casa. A audiência, de acordo com levantamento da Kantar Ibope, teve aumento de 8%. A maioria das pessoas escuta por aparelho físico de rádio (81%), sobretudo entre os que ouvem a programação em trânsito, mas o número de ouvintes por celular vem crescendo e atingiu a marca de 23% (uma mesma pessoa pode ouvir a partir de diferentes plataformas). Neste contexto, a RTM também tem trabalhado para chegar a mais gente. A rádio conta com uma rede de retransmissoras em AM, FM e web rádios em diferentes partes do Brasil como parte do Projeto Antenas.

Além de ser um dos veículos com acesso mais facilitado pelo público e gratuito, o rádio é um dos favoritos pelo público em citações em redes sociais. Dados consolidados do Kantar Ibope mostram que, apenas no primeiro semestre de 2020, foram registrados mais de 3,5 milhões de tweets com citação ou referência a conteúdo produzido por rádios, o que indica forte preferência entre o público jovem e adulto por conta do perfil de usuários da rede.

Por meio da ferramenta rádio (com retransmissoras), a RTM tem alcançado 12 estados brasileiros. “A nossa rede de retransmissoras em AM e FM chega a 12 estados estratégicos como São Paulo, Minas Gerais, Maranhão, Goiás, Bahia e Rio Grande do Sul, entre outros. E trabalhamos essa retransmissão de forma a dialogar bem com a comunidade local que ouve o conteúdo RTM. Além disso, temos o acesso expandido a partir de web rádios que entram em contato conosco para pedir autorização para retransmitir a programação ou programas que produzimos. Outra coisa que precisa ser destacada é a forte presença da internet. Graças a ela chegamos ao mundo inteiro por meio de nosso aplicativo”, afirmou Ricardo Kroskinsque, diretor de Comunicação e Relações Públicas da Trans Mundial.

No interior do Rio Grande do Sul (Sul), por exemplo, a RTM retransmite por meio da Rádio Agudo (90.1 FM). O conteúdo do “Rota 66” é em alemão (Bibelreise). A cidade foi construída por imigrantes germânicos e essas características influenciam muito a cultura local e tornam a língua ainda muito comum entre as famílias.

Na principal praça do país, em São Paulo (Sudeste), a RTM veicula a sua programação no prime time (das 18h às 19h) pela Rádio Musical FM (105.7 FM). Neste horário, são retransmitidos os programas “Através da Bíblia” e “Rota 66”.

Na região Nordeste, dentre as retransmissoras, há a 92 FM, que alcança toda a Grande São Luís (cerca de 1,1 milhão de habitantes, de acordo com o IBGE).

No Centro-Oeste, a RTM retransmite em Corumbá, na região de divisa entre Brasil e Bolívia. Parte da programação é em português e parte em espanhol.

Já na Rádio Rios, em Benjamin Constant, no Amazonas (Norte), a programação RTM é veiculada em Ticuna, que é a língua do maior povo indígena daquela região do Alto Solimões. O trabalho é desenvolvido em parceria com o Projeto de Línguas Indígenas, outro braço missionário da Rádio Trans Mundial.

Para saber por quais retransmissoras ouvir a RTM, acesse https://www.transmundial.com.br/projeto-antenas/afiliadas-rtm-rede/ e confira a relação completa.

Lucas Meloni 
Jornalista

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *