Siga nossas redes sociais

Destaques

O aborto causou mais de 42 milhões de mortes de bebês ao longo de 2020.Aponta serviço de rastreamento

Published

on

Os dados são do ‘Worldometer‘, organização que se dedica ao monitorar os números sobre a Saúde global.

Segundo o serviço de rastreamento, a quantidade de aborto realizado no ano passado superou o número de pessoas que faleceram por conta das principais causas de mortes no mundo.

As doenças transmissíveis mataram mais de 13 milhões de pessoas em 2020. O câncer, doença extremamente agressiva, matou cerca de 8,2 milhões de mortes. 7,6 milhões de pessoas morreram devido ao fumo e ao álcool.

Contudo, segundo a Wordometer, a maior causa de mortes foi provocada por abortos, registrando a marca de 42,6 milhões.

Em 2019, a semelhança dos números também impressiona. Foram registrados 42,4 milhões de abortos realizados no período.

“Segundo a OMS, todos os anos no mundo há cerca de 40 a 50 milhões de abortos. Isso corresponde a aproximadamente 125.000 abortos por dia”, informou o

O instituto faz estatísticas em tempo real e abrange diversos assuntos, com base em dados da OMS, da Organização das Nações Unidas (ONU), Fundo Monetário Internacional (FMI), entre outras.

No Brasil, o aborto é um crime que pode levar de um e três anos de prisão, salvo em três casos: gravidez de um feto com más-formações cerebrais; gravidez de risco para a mulher e, desde 1940, gravidez devido a estupro.


Miguel Gomes

Fonte :conexaopolitica.com.br

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *