Siga nossas redes sociais

Destaques

Flordelis defende filha que confessou plano para matar padrasto: “Representa milhares de mulheres”

Published

on

Em depoimento à Justiça, Simone dos Santos alegou que não aguentava mais as investidas sexuais do pastor

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ), acusada de envolvimento no assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, resolveu se manifestar pela primeira vez a respeito do depoimento à Justiça de sua filha biológica, Simone dos Santos. Ela admitiu ter planejado a morte do padrasto.

Simone alegou que não aguentava mais as investidas sexuais do pastor. Flordelis defendeu a filha: “Simone representa milhares de mulheres que gritam e não tem voz nesse país. Que sofrem abusos e não conseguem gritar por socorro”, disse a parlamentar.

Flordelis afirmou, também, que não sabe se sua outra filha, Marzy Teixeira, que é adotiva, prosseguiu com o plano, depois de Simone ter admitido que planejou a morte de Anderson. As duas filhas de Flordelis estão presas, acusadas de envolvimento no crime.

“Essa notícia não me traz nenhum alívio, foi um duro golpe todas as revelações sobre a autoria do crime”, destacou.

“Acredito que ela poderia ter confiado em mim, se tivesse me contado o que estava acontecendo, essa tragédia teria sido evitada. Tudo o que aconteceu com minha família faz com que eu me sinta na obrigação de alertar mães e filhos. Peço que conversem, que confiem uns nos outros. E você, mãe, se mantenha atenta e vigilante. Atitudes assim podem evitar tragédias como a que ocorreu com a minha família”, completou Flordelis.

Simone disse à Justiça que Anderson sempre demonstrou interesse por ela, mas “deu a entender” em 2012, quando começou a pagar seu tratamento contra o câncer.

A filha de Flordelis alegou, também, que chegou a flagrar Anderson se masturbando no pé de sua cama e revelou ter dado R$ 5 mil para Marzy ajudá-la no plano.

Porém, testemunhas afirmaram que Simone e Anderson foram namorados antes de o pastor começar a se relacionar com Flordelis. A filha da deputada nega.

Com informações do Extra

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *