Siga nossas redes sociais

Destaques

“Jesus liberta da cachaça”, diz Malafaia ao alfinetar discurso de Lula

Published

on

Em post, o pastor diz que o ex-presidente acusou as igrejas de provocarem aumento no número de mortes por Covid-19
Silas Malafaia usou as redes sociais, nesta quinta-feira (11/3), para criticar o discurso do ex-presidente Lula. O pastor disse que o petista fez “acusações levianas” ao falar da igreja. “Jesus liberta o homem da cachaça”, alfinetou o líder religioso.

No post, o pastor afirma que o ex-presidente acusou as igrejas de provocarem aumento no número de mortes por Covid-19. De acordo com Malafaia, assim como outros estabelecimentos, as igrejas também respeitam as normas sanitárias e as leis.

Em vídeo Malafaia atacou: “Se algum pastor usando de charlatanismo tá oferecendo feijão para curar Covid, tem o Código Penal. Isso não representa nem 1% da igreja evangélica no Brasil. Agora presta atenção, esse camarada que se diz defensor dos trabalhadores não abriu a boca para dar uma palavra aos milhões de brasileiros que usam transporte coletivo, olha o massacre em cima do povo. Ele não fala nada”.

Resposta a Lula pelas acusações levianas que faz às igrejas. E mais! Lula, Jesus liberta da cachaça!

“Eu vou dizer aqui quem é o responsável pela morte de milhões de brasileiros. O governo Lula e Dilma sucatearam a saúde”, acrescenta o pastor.

Malafaia ainda rebateu: “Eu sou pastor de mais de 100 mil pessoas, morreram na nossa igreja perto de 25 pessoas, parte delas não tem nada com o Covid”. “Ele não faz ideia da contribuição das religiões em tempo de pandemia” completou.

A fala de Lula

Em discurso feito nessa quarta (10/3), após a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de anular todas as suas condenações em processos ligados à Operação Lava Jato, o petista Lula criticou a gestão do presidente da República, Jair Bolsonaro, e afirmou que “o papel das igrejas é orientar as pessoas, não é vender grão de feijão ou fazer culto cheio de gente sem máscara, dizendo que tem o remédio pra sarar”.

Em seguida o ex-presidente disse: “Eu acredito que Jesus pode salvar as pessoas, mas as pessoas precisam se ajudar. Se a pessoa for ignorante, não usar máscara, não fazer o isolamento, não fizer a lavagem das mãos necessária, Deus vai dizer: ‘Peraí, eu tenho muita gente pra cuidar meu filho. Se cuide’”.

Fonte:Metropole

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *