Siga nossas redes sociais

Lançamentos

Esther Manilha lança “Ainda Existe Uma Cruz”, último single do EP “Pertenço a Ti”

Published

on

Compartilhe

A cantora Esther Manilha lança nesta terça-feira, 23, o single “Ainda Existe uma Cruz”, última canção que compõe o EP “Pertenço a Ti”. Além de estar disponível em todas as plataformas de streaming, a música também ganhou um videoclipe que já pode ser visto no YouTube.

Para Esther, o sentimento é de gratidão por estar encerrando mais um ciclo em sua jornada musical. “Estou extremamente realizada pelo apoio de quem me acompanha, pelo suporte da minha equipe. É muito legal ver as pessoas recebendo as mensagens das músicas e ver o agir de Deus nesse trabalho que tenho feito”, pontua a artista.

Em seu processo de composição, Esther Manilha conta que escrever a letra de “Ainda Existe Uma Cruz” aconteceu após meditar nas Escrituras. “Na minha casa tem uma janela que dá de vista pra lagoa. Numa tarde eu estava com meu violão e comecei a meditar na Palavra de Deus e acabou saindo essa letra. Em menos de uma hora eu já estava com ela pronta”, diz.

Esther Manilha ainda conta que a mensagem de seu novo single é essencial para este momento onde o mundo vive uma pandemia. “Oro para que quem ouça, possa recobrar o ânimo e que se lembre que existe um nome sobre todo nome, o nome de Jesus. E este nome tem poder para curar, salvar e libertar. A cruz é o símbolo disso que eu creio”.

Sobre o videoclipe, Esther Manilha conta que vai seguir o mesmo propósito dos anteriores. “Em todas as músicas que lancei até agora estou procurando trazer a identidade visual também nos clipes. É um trabalho que eu tenho muita felicidade em levar para quem me acompanha”, coloca.

“Existem muitos sonhos ainda no meu coração em relação a lançamentos de músicas e outros projetos. São projetos que ainda estão no papel, mas que com a permissão de Deus irão ser concretizados”, finaliza.

Sobre Esther Manilha

Esther Manilha conta que iniciou sua jornada na música por acaso. “Surgiu uma oportunidade de ministrar louvor na igreja e depois disso eu fui praticando novos louvores para poder ministrar. Quando eu fui ver, comecei a sentir que era isso o que eu queria fazer pelo resto da minha vida”, ressalta.

Segundo a cantora, louvar a Deus é a maneira “ao qual eu consigo me expressar ao mundo. Se estou triste eu canto, se estou feliz eu canto. Isso é parte de minha vida desde que eu descobri essa habilidade escondida em mim”, revela.

Link das plataformas: https://ps.onerpm.com/AindaExisteUmaCruz

Fonte:Assessoria

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *