Siga nossas redes sociais

Destaques

Trégua dos conflitos na Síria traz esperança aos cristãos

Published

on

Ore pela paz na Síria. Os cristãos enfrentam confrontos e perseguição há mais de 10 anos Crédito: Portas Abertas
Compartilhe

Parceiros locais da Portas Abertas agradecem as orações de cristãos de todo o mundo

No dia 23 de abril, a Portas Abertas noticiou sobre os confrontos em Qamishli, na Síria. As forças de defesa nacional pró-governo e as forças de segurança interna curdas do país entraram em conflito no dia 20 de abril, em regiões onde muitos cristãos vivem. Os seguidores de Jesus em Qamishli agradeceram pelas orações durante as últimas semanas. A trégua após a intervenção das forças armadas russas se mantiveram.

Um dos colaboradores na região compartilhou uma nova mensagem de voz, dizendo: “No início, eles concordaram com uma trégua, mas a quebraram duas vezes no meio da noite, então as forças russas intervieram e impuseram outra trégua e estão mantendo-a agora, a situação está mais calma e os cristãos se sentem seguros novamente. Muito obrigado por todos que oraram por nós. Agradecemos seus sentimentos de fraternidade conosco como um corpo de Cristo, obrigado”, compartilhou

“Gostaria de agradecer a todos que oraram por nós. Que Deus abençoe a todos e os proteja. Por favor, continuem orando pela cidade e pela igreja em Qamishli para ser um farol na escuridão, e para poder continuar espalhando a palavra de Deus na cidade. Obrigado”, agradece um líder cristão na região dos conflitos.

Assistência aos cristãos sírios

Mesmo após 10 anos da guerra, os cristãos na Síria ainda enfrentam as consequências dos conflitos. Muitos ainda têm dificuldade para conseguir alimentos, assistência médica e auxílio profissional. Através da sua oração e doação, você leva esperança aos cristãos na Síria afetados pela guerra. Fortaleça os cristãos sírios!

Pedidos de oração

  • Agradeça pela trégua dada pelos grupos armados da região, que trouxe esperança de dias melhores aos cristãos.
  • Ore pelos cristãos na Síria, para que se mantenham firmes na fé, mesmo diante da perseguição e conflitos.
  • Peça para que Cristo aja sobre a vida dos grupos armados, para que tenham um encontro com Deus e vivenciem uma verdadeira transformação.