Siga nossas redes sociais

Família

Radicais sequestram mais 200 alunos na Nigéria

Published

on

As vítimas foram estudantes de até 15 anos de uma escola islâmica em Tegina

Crianças e adolescentes estão em risco ao frequentarem as escolas na Nigéria (imagem representativa)

Em 30 de maio, 200 alunos de uma escola islâmica de Tegina, na Nigéria, foram sequestrados por grupo armado. De acordo com um porta-voz da polícia do estado de Niger, os rebeldes chegaram atirando indiscriminadamente e capturando os estudantes da escola Salihu Tanko. Uma pessoa foi morta e outra ficou feriada durante o ataque.

Em entrevista à Reuters, o proprietário da escola, Abubakar Tegina, que mora próximo à escola disse que foi testemunha do incidente: “Eu vi pessoalmente entre 20 e 25 motocicletas com pessoas fortemente armadas. Elas entraram na escola e foram embora com cerca de 150 ou mais alunos”.

De acordo com Tegina, os alunos têm entre sete e 15 anos e frequentam a escola, mas moram em outros locais com as respectivas famílias. Outro funcionário disse à AFP que os radicais levaram de volta algumas crianças até 12 anos de idade, porque as consideraram muito pequenas e não poderiam andar muito.

Sequestros como parte do cotidiano na Nigéria

Nos últimos meses, a Portas Abertas noticiou vários incidentes de sequestros de estudantes na Nigéria. Desde dezembro de 2020, mais de 700 jovens foram capturados por extremistas que pedem resgate para soltá-los. Segundo a porta-voz da Portas Abertas na região, “O sequestro é algo com que os nigerianos do Norte têm de lidar há muitos anos, especialmente durante a insurgência de Boko Haram de mais de uma década. Incontáveis mulheres, crianças e homens, muitos deles cristãos, continuam cativos”.

Porém, a líder lembra que houve um aumento de sequestros por gangues e que o governo da Nigéria não está conseguindo combater os crimes. Isso acaba alimentando a impunidade e prejudica a pouca estabilidade que resta no país. “Esses ciclos de violência criam um espaço no qual grupos radicais prosperam. O governo precisa encontrar maneiras de enfrentar a ilegalidade de forma decisiva ou se preparar para lidar com militantes por muitos anos”, completa.

Pedidos de oração

  • Interceda para que Deus guarde todos os alunos nigerianos sequestrados e que sejam libertados em breve. Peça também que Cristo se revele a cada um neste momento.
  • Peça que o governo da Nigéria tenha sabedoria para combater os ataques dos radicais e consiga conter a onda de violência no território.
  • Ore para que os sequestradores sejam impactados pelo amor de Jesus e deixem os maus caminhos.

Fonte :Portas Abertas