Siga nossas redes sociais

Missões

Ataque extremista causa mais de 130 mortes em Burkina Faso

Published

on

foto reprodução internet

O país enfrenta uma onda de violência e o governo encontra dificuldades para conter os incidentes

O fim de semana começou com tristes notícias do país que ocupa a posição 32 na Lista Mundial da Perseguição 2021. Na madrugada do sábado (5), ataques de grupos extremistas islâmicos ceifaram a vida de 132 pessoas em Solhan, cidade da região norte de Burkina Faso. Homens armados invadiram vilarejos na cidade, produzindo o que o governo já considera o mais violento ataque dos muitos que já ocorrem com maior intensidade desde 2015.

Na noite da sexta-feira (4), outro ataque parecido aconteceu em Tadaryat, outro vilarejo na mesma região, 14 civis foram mortos.

O governo de Burkina Faso e os grupos extremistas islâmicos têm enfrentado uma série de conflitos com consequências trágicas. Nos dois casos recém-ocorridos, os militantes entraram nos vilarejos com o objetivo de enfraquecer as forças de defesa governamentais instaladas ali. Na sequência, começaram a invadir casas e matar também os moradores das comunidades. O presidente do país, Roch Kabore, declarou um luto oficial de três dias pelas vítimas e falou à população através de uma rede social: “Devemos permanecer unidos contra as forças do mal”.

Desde meados de maio, o exército nacional tem fortalecido iniciativas armadas para conter a onda de violência. Acredita-se que os ataques sejam um tipo de resposta às medidas de segurança executadas pelo governo federal. Ainda não há notícias se os ataques tinham cristãos como alvo, ou se famílias cristãs foram atingidas pela ação violenta.

Ore conosco pela situação em Burkina Faso e pelos demais países na região do Sahel Africano (MaliChadeNíger e Mauritânia), que têm enfrentado uma grande pressão por parte do extremismo islâmico. Peça a Deus que nossos irmãos tenham suas vidas preservadas enquanto as tensões políticas se resolvem no continente africano.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *