Siga nossas redes sociais

Ciência

Cientistas descobrem 39 famílias de vírus em morcegos que vivem na Suíça

Published

on

foto reprodução internet

O aparecimento da Covid-19 em Wuhan, na China, e a possibilidade desta pandemia ter tido origem num morcego, fez com que o mundo inteiro passasse a prestar mais atenção às doenças zoonóticas.

Agora, um novo estudo da Universidade de Zurique revela que 18 espécies de morcegos que vivem na Suíça abrigam 39 famílias de vírus, das quais 16 têm a possibilidade de ser transmitidos para outros animais e, consequentemente, para seres humanos. Entre os vírus que têm este potencial são coronavírus, adenovírus, rotavírus e parvovírus.

Além desta descoberta, os cientistas descobriram também a presença de um genoma quase completo semelhante ao vírus MERS-CoV, também conhecido como Síndrome Respiratória do Médio Oriente, num morcego da espécie Vespertilio murinus.

Para chegar a estas conclusões a equipa estudou cerca de 7 mil morcegos, analisando o seu ADN e o RNA das fezes dos animais. O grupo considera que este método de análise não invasivo é o ideal para estudos futuros, de forma a monitorizar e detetar precocemente zoonoses.

Fonte:https://greensavers.sapo.pt/