Siga nossas redes sociais

Politica

Comissão de Saúde dá aval a projeto que inclui doadores de sangue e de medula em grupo prioritário de vacinação

Published

on

Parlamentares da Comissão de Saúde em ambiente virtual

Outra proposta aprovada pretende implantar o ‘Mês de Imunização’ na rede de ensino estadual

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo deu aval nesta terça-feira (22/6) a dois projetos de autoria parlamentar que tratam da vacinação da população.

O primeiro deles, de autoria do deputado Caio França (PSB), inclui os doadores regulares de sangue e medula óssea no grupo prioritário para receber vacinas oferecidas gratuitamente no Estado. Já o segundo, da deputada Valéria Bolsonaro (sem partido), pretende instituir no mês de abril o “Mês de Imunização” na rede de ensino do Estado de São Paulo.

Os deputados e deputadas da comissão também aprovaram a proposta de autoria do deputado Rafa Zimbaldi (PL) que Institui a “Semana Estadual de Conscientização sobre a Síndrome de Irlen” e discutiram a elaboração de um requerimento a ser feito à Secretaria de Estado da Saúde para questionar como é feito o cálculo para destinação de vacinas da Covid-19 aos municípios, já que diversas prefeituras têm se queixado sobre a distribuição insuficiente.

Projetos

No Projeto de Lei 942/2019, Caio França afirmou que a inclusão do grupo entre os prioritários obedece à “sua relevância incontestável, haja vista que eles desempenham importante atividade associada à saúde pública.”

Já no Projeto 781/2019, Valéria Bolsonaro informou que a proposta visa incentivar e intensificar as ações do poder público na vacinação das crianças e adolescentes do Estado. “É indiscutível a importância para a saúde pública a vigilância sobre as doenças imuno preveníveis através de vacinação”, afirmou.

As duas propostas seguem agora para a análise da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento e, se aprovadas, poderão ser levadas para discussão e votação final em Plenário.

Além das propostas aprovadas, o colegiado aprovou o convite à presidente do Instituto Humanitas 360, Patricia Villela Marino, para falar sobre o uso medicinal do canabidiol.

Os deputados e deputadas também aprovaram a realização de uma audiência pública até o final do mês, solicitada pela presidente da comissão, a deputada Patricia Bezerra (PSDB), em apoio à Campanha Nacional de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço – Julho Verde 2021, que tem como objetivo propagar informações que ajudem a sociedade a se prevenir e combater a doença, debatendo sobre os riscos para diminuir a quantidade de casos no Brasil.

Além dos já citados, participaram da reunião os deputados Coronel Nishikawa (PSL), Edmir Chedid (DEM), Professor Walter Vicioni (MDB), Alex de Madureira (PSD) e Afonso Lobato (PV).

Fonte:Rede Alesp

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *