Siga nossas redes sociais

Artigos

Jesus é a esperança

Published

on

Compartilhe

Bandas de rock brasileiras amadureciam às pencas em 1986, “Legião Urbana, Titãs, Capital Inicial, RPM, Paralamas” e inundavam as frequências das FMs. Eu era um adolescente espinhento, briguento e aparentemente divertido. Sim, aparentemente divertido, isso porque dentro de mim carregava a insuportável e angustiante dor que me atraía secreta e continuamente a dar cabo da vida. Correção, cabo da minha existência! Na verdade, não me sentia vivo, me sentia apenas como um ser que existia desprovido de propósito e vida. Foi o convite para conhecer uma pequena comunidade cristã que mudou minha história. Costumo dizer que naquele dia tive um “contato imediato do terceiro grau” e conheci Jesus Cristo como meu Salvador pessoal. Agradeço a Deus até hoje pelo convite que me fez o Fábio!

Certamente não sou o único a encontrar esperança no Evangelho e na graça de Cristo.

Um artigo publicado pelo American Journal of Psychiatry (2004) concluiu: “A afiliação religiosa está associada a menos comportamento suicida em pacientes com depressão.” E ainda, as taxas de suicídio são mais baixas nos países religiosos do que nos seculares, benefícios integrativos como a coesão social, imperativos morais de fé e a forte convicção de que Deus é o doador da vida se mostram eficientes como fatores de redução ao comportamento suicida. No Brasil são registrados cerca de 12 mil suicídios por ano principalmente entre jovens. Abordagens multidisciplinares são importantes e válidas para socorrer aqueles que sofrem com inclinações suicidas e a mensagem transformadora do Evangelho de Cristo não deve jamais ser ignorada.

Disse Jesus:

“Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (João 10:10b).

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma” (Mateus 11:28,29).

“Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida” (João 8:12).

O Cristo que me salvou em 1986 continua salvando hoje, Ele é a esperança para quem sofre, não desista!

Leandro Tarrataca | Palestrante e teólogo