Siga nossas redes sociais

Destaques

O que diz o Burger King após ser criticado por campanha de Orgulho LGBTI+

Published

on

imagem de divulgação da internet

O Burger King lançou nesta semana uma campanha que apoia o Orgulho LGBTI+. No vídeo “Nossa, como eu vou explicar a sigla LGBTQIA+ para as crianças?”, realizado em co-criação com especialistas psicologia e diversidade, a marca propõe um convite à reflexão sobre a inclusão da comunidade LGBTI+ na sociedade.

O vídeo, contudo, não tem sido bem recebido por todos os públicos. No Twitter, um dos assuntos mais comentados na tarde desta sexta-feira, 25, é “BurgerKingLixo”. Diante da repercussão a rede de restaurantes se pronunciou:

No BK, acreditamos no respeito como princípio básico de todas as relações humanas e não toleramos o preconceito. Aqui, todas as pessoas são bem-vindas.

O desenvolvimento da campanha “Como Explicar”, voltada e pensada especificamente para o público adulto, contou com a curadoria de especialistas em psicologia para garantir o uso de uma linguagem adequada, bem como uma consultoria de diversidade e das ONGS Mães pela Diversidade e APOLGBT. O Burger King reforça seu compromisso de contribuir na construção de uma sociedade cada vez mais plural e com o respeito como princípio básico.

A campanha 

“O lançamento dessa campanha tem como objetivo endereçar um ponto de reflexão a população em geral. O preconceito é uma construção social e, com toda a responsabilidade que nos cabe enquanto companhia, conseguimos mostrar que os pequenos carregam o discernimento a partir de um olhar muito sensível e humano”, diz Juliana Cury, diretora da marca Burger King do Brasil.

Ao longo de todo o filme, comandado pela agência DAVID, os protagonistas compartilham a sua visão real sobre a diversidade, sempre acompanhados por seus responsáveis. As perguntas foram feitas por profissionais e as respostas são completamente espontâneas, por meio de uma gravação sem roteiro.

Burger King lança campanha “Nossa, como eu vou explicar a sigla LGBTQIA+ para as crianças?” (Burger King/Divulgação)

Fonte:https://exame.com/