Siga nossas redes sociais

Variedades

‘Diabão’ do litoral de SP sofre complicação após operação corretiva e fará nova cirurgia

Published

on

Ele fez recentemente uma cirurgia de reparação de abdominoplastia e os pontos abriram. 'Mulher Demônia' pediu ajuda para pagar o novo procedimento, que deve ser realizado nesta quinta-feira (8).

O homem conhecido como “Diabão“, de Praia Grande, no litoral de São Paulo, aguarda para fazer uma nova cirurgia. Os pontos da abdominoplastia que ele realizou se romperam, e ele terá que fazer um novo procedimento. Ele disse ao G1 nesta quarta-feira (7) que o corte de 40 centímetros está aberto e, por esse motivo, sente muita dor, e não consegue se locomover.

Michel Praddo, de 46 anos, e a esposa, Carol Praddo, de 36, a “Mulher Demônia”, têm quase todo o corpo tatuado e são conhecidos pelas modificações já realizadas, incluindo os chifres implantados na testa.

Diabão já havia retirado parte do nariz, cortado as orelhas e alongado os dentes. Recentemente, ele removeu o dedo anelar para o projeto ‘La Garra’, e passou a usar uma dentadura de prata.

‘Diabão’ implantou dentadura de prata — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Cirurgias

Em março, ele fez uma lipoaspiração e abdominoplastia, procedimento para a retirada do excesso de pele da região do abdômen. Na cirurgia, Diabão também optou por remover o umbigo. Ele disse que se recuperou muito bem, mas percebeu que ainda havia ainda um pouco de sobra de pele. Por isso, passou por uma operação corretiva no último dia 28.

“Foram passando os dias e os pontos foram abrindo. Não estamos conseguindo fazer com que feche sozinho”, explicou Carol.

Diabão diz que sente bastante dor e fica somente deitado. Ele passará por uma nova cirurgia nesta quinta (8), já que o corte aberto poderá ter algum tipo de infecção.

O procedimento será realizado em um hospital particular da região, e por isso, a esposa dele resolveu fazer uma live nas redes sociais pedindo ajuda para pagar o procedimento. Segundo Carol, com o pedido, muitas pessoas entraram em contato para doar alguma quantia.

“Fica um ponto de interrogação. Tentei agir na melhor maneira, porque eu sei das consequências, mas não foi o suficiente. Cada organismo é um universo e responde de uma maneira”, disse.

A quantia de pouco mais de R$ 2.400 para a operação foi levantada em menos de 24h. Apesar de precisar lidar com o preconceito em algumas situações, Diabão contou que se sente uma pessoa querida, principalmente com a movimentação das pessoas na internet.

“Todo dia respondo pessoas com mensagens de carinho, de apoio, de admiração e respeito. Isso me fortalece. Ver a galera agindo assim, tão prontamente em me ajudar, fiquei bem emocionado”, disse.

Modificações feitas pelo casal

Diabão e Mulher Demônia estão juntos há mais de dez anos e passaram a fazer modificações mais extremas há cerca de quatro. Começou com Diabão, mas Carol entrou na onda pouco tempo depois.

Veja os dois antes e depois

Nas fotos abaixo, como eram Carol e Michel antes das transformações.

Casal mostra antes e depois de modificações extremas — Foto: Reprodução/Redes Socais
Carol Praddo era auxiliar administrativa antes das mudanças corporais — Foto: Reprodução/Redes Sociais
‘Diabão’ e ‘Mulher Demônia’ começaram com as tatuagem — Foto: Reprodução/Redes Sociais
Diabão tem 85% do corpo tatuado, e a Mulher Demônia, 65% — Foto: Arquivo Pessoal

Fonte: https://g1.globo.com/