Siga nossas redes sociais

Negócios

Brasil abre 590 vagas gratuitas para o programa Tech.já, realizado com apoio do Google e BID Lab

Published

on

Compartilhe

Destinada a jovens de baixa renda, a iniciativa ensina habilidades técnicas de suporte em TI e habilidades socioemocionais para inserção no mercado de trabalho

São Paulo, junho de 2021 – A carreira na área de tecnologia é uma das mais promissoras no país, com a expectativa de uma demanda de 420 mil novas vagas até 2024, segundo a Brasscom, associação do setor. No entanto, a formação de novos profissionais não acompanha essa evolução, formando 46 mil novas pessoas com perfil tecnológico por ano. De olho neste descasamento entre oferta e procura, a JA Brasil (Junior Achievement), uma das maiores organizações mundiais de preparação de jovens para o mercado de trabalho, com o apoio do Google.org e do BID Lab (Laboratório de Inovação do Grupo BID), está lançando novas turmas do programa TECH.JÁ, que capacita jovens na área de Suporte em Tecnologia da Informação (TI). O curso é gratuito e oferece 590 vagas.

“Nosso objetivo é impulsionar o futuro de jovens em vulnerabilidade social, despertando neles o interesse pela tecnologia, uma das áreas com mais ofertas de emprego atualmente. Isso se dá pelo momento atual do País, com as empresas acelerando a digitalização dos seus negócios e buscando uma maior eficiência tecnológica”, afirma Evandro Badin, superintendente da JA Brasil.

O programa Tech.JÁ oferece capacitação técnica em TI, desenvolve habilidades comportamentais e oferece oportunidades de mentoria com profissionais do mercado de tecnologia, aulas de criação de currículo e sobre como agir em entrevistas de emprego, além de apoiar os alunos a conseguirem boas colocações no mercado de trabalho ao final do curso. As inscrições vão até 23 de julho e as aulas se iniciam em 16 de agosto. A iniciativa é destinada a jovens de 18 a 29 anos, de baixa renda, que se formaram em escolas da rede pública de ensino. Ao final do programa, os estudantes receberão um certificado profissional de suporte em TI do Google e, ainda, uma certificação da JA Brasil.

A partir disso, os estudantes passam a integrar bancos de talentos de empresas parceiras, como Magalu, Rappi, Connect e ABVCAP, podendo ser chamados para entrevistas caso haja disponibilidade de vagas.

Foi o que ocorreu com Magda, 29, aluna da turma de 2020, que trabalhava há dois anos como diarista em Florianópolis (SC). Casada e mãe de uma menina, ela desejava novas oportunidades profissionais. O Tech.já tornou possível a sua qualificação e ingresso no mercado de trabalho.

Magda conseguiu um emprego na empresa Connect ainda nos últimos dias do curso. “Conseguir essa colocação e mudar o rumo da minha carreira foi uma grande conquista para mim. A área de tecnologia possui poucas mulheres, menos ainda negras como eu. Entendo como é importante a participação feminina neste segmento. Quero continuar a me capacitar para conquistar novas oportunidades no futuro, seja na área de redes ou segurança”, diz Magda.

Para fazer o curso não é necessário conhecimento ou experiência anterior, apenas o Ensino Médio completo e ter interesse em atuar na área de TI. O curso é gratuito e online com dedicação de 4 horas por dia, 4 vezes por semana, durante 20 semanas.

Critérios para o processo de seleção

Para participar, é necessário atender alguns requisitos básicos:

• Renda per capita de até 2 salários mínimos;

• Ensino Médio completo;

• Ter feito o ensino médio em escola pública ou ter ganhado bolsa de 100% em escola particular;

• Não estar trabalhando (em emprego formal) e nem estudando (em cursos do ensino superior ou tecnólogos);

• Ter entre 18 e 29 anos;

• Morar em uma das cidades onde o curso será ofertado (apesar de online, é necessário que as pessoas residam nas cidades indicadas abaixo para receber possíveis benefícios ofertados e acesso às vagas – quando houver disponibilidade)

O TechJá 2021 terá 20 turmas com 590 alunos. As cidades que irão sediar o curso são: Manaus (AM), Fortaleza(CE), Distrito Federal, Vitória(ES), Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro(RJ), Florianópolis (SC) e São Paulo (SP).

Em Fortaleza, Vitória, Curitiba e Porto Alegre as vagas são preferenciais para pessoas que frequentam Centros da Juventude. Em São Paulo, as inscrições não estão abertas, pois as turmas já foram preenchidas com pessoas que estavam na fila de espera desde a primeira edição do programa, realizada no primeiro semestre de 2021.

Programa Tech.Já

Inscrições até 23 de julho

Mais informações: https://www.jabrasil.org.br/ti

Inscrições: https://bit.ly/techja2021_2

Sobre a JA Brasil  

No país há 37 anos, a JA Brasil impulsiona o futuro de diversos jovens. Com uma rede de 150 mil voluntários por todo o território nacional, já impactou 5 milhões de estudantes de 2.500 escolas, dos ensinos fundamental e médio. Por ano, são atendidos, em média, 320 mil jovens. A organização estimula e desenvolve estudantes para o mercado de trabalho, sempre com o espírito de mão na massa. 

Sobre o Google.org

O Google.org, braço filantrópico do Google, apoia organizações sem fins lucrativos voltadas a questões humanitárias e aplicam inovação escalável e orientada por dados para solucionar os maiores desafios do mundo. Aceleramos seus progressos conectando-as a uma combinação única de apoio que inclui financiamento, produtos e conhecimentos técnicos de voluntários do Google. Buscamos nos envolver com as pessoas que fazem acontecer, causando impacto positivo para as comunidades que representam, e cujo trabalho tem potencial de produzir mudanças significativas. Queremos um mundo que funcione para todos – e acreditamos que tecnologia e inovação são peças fundamentais para este objetivo.

Sobre o BID Lab

O BID Lab é o laboratório de inovação do Grupo BID, a principal fonte de financiamento e conhecimento para o desenvolvimento com foco em melhorar vidas na América Latina e no Caribe (ALC). O propósito do BID Lab é promover a inovação para a inclusão na região, mobilizando financiamento, conhecimento e conexões para co-criar soluções capazes de transformar a vida das populações vulneráveis devido às condições econômicas, sociais ou ambientais. Desde 1993, o BID Lab já aprovou mais de US﹩ 2 bilhões em projetos desenvolvidos em 26 países da ALC, incluindo investimentos em mais de 90 fundos de capital empreendedor. www.bidlab.org

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Fundado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e do Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisa de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação para clientes dos setores público e privado em toda a região.