Siga nossas redes sociais

Destaques

Moradores de rua são abrigados dentro de igreja em São Sebastião

Published

on

Animais companheiros dos moradores de rua foram abrigados em uma área externa coberta

São Sebastião iniciou, na quarta-feira (28), o abrigo emergencial para pessoas em situação de rua. Ao todo, 19 homens e três mulheres foram acolhidos no Salão Paroquial da Paróquia São Sebastião – Igreja Matriz, localizada no Centro Histórico.

Assistentes sociais da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social (Sedes) realizaram a operação abordagem de rua, e uma van transportou até o abrigo, moradores de rua da costa sul.Os que se recusaram a se abrigar receberam cobertores. Durante a abordagem os assistentes explicaram as condições climáticas de frio intenso e a necessidade de os mesmos procurarem acolhimento.

Os moradores de rua receberam refeição noturna, e nesta quinta-feira (29), café da manhã e cuidados com a higiene pessoal, no centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) – Sedes, conforme ocorre diariamente. A partir das 18h começa o acolhimento no Salão Paroquial.

Sobre o abrigo emergencial

A prefeitura de São Sebastião, por meio das secretarias de Desenvolvimento Econômico e Social (Sedes), Saúde (Sesau), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Secretaria de Segurança Urbana (Segur), Defesa Civil, Guarda Civil Municipal (GCM) e Fundo Social, em parceria com a Paróquia São Sebastião, Igreja Matriz, Diocese de Caraguatatuba, realizam força-tarefa para abrigar a população de rua, de forma emergencial, durante a frente fria que atinge o estado de São Paulo, em que as temperaturas podem apresentar mínimas de até 7º graus, com previsão até domingo (1º).

Os moradores de rua estão abrigados no Salão Paroquial da Igreja Matriz. A estrutura fora montada pela prefeitura que destinou cobertores e colchões, enquanto a igreja, através da Fraternidade Povo de Rua, administrada pelas Irmãs do Bom Pastor da Igreja Católica fornece a alimentação noturna, enquanto a secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social (Sedes) e o Fundo Social, café da manhã e almoço.

Os animais de estimação da população de rua, também foram abrigados na parte externa coberta do salão.

De acordo com a Sedes, 70 moradores de rua são atendidos diariamente pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), em que recebem três refeições diárias e cuidados com a higiene pessoal.

Voluntários da Defesa Civil e Fundo Social, Guardas Civis Municipais (GCMs) e assistentes sociais são responsáveis pela logística de atendimento e regras do abrigo emergencial a população de rua.

DOAÇÕES

Quem quiser doar alimentos não perecíveis, arroz, feijão, macarrão, óleo, açúcar, sal, entre outros, além de agasalhos, cobertores e colchões, as entregas dos donativos podem ser feitas na tenda da Defesa Civil, montada em frente à Igreja Matriz, praça Major João Fernandes, Centro Histórico de São Sebastião, ou na sede do Fundo Social, rua Capitão Luiz Soares, 33, Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Telefone: (12) 3892-4991.

Fonte: https://www.costanorte.com.br