Siga nossas redes sociais

Entretenimento

A atleta olímpica Sydney McLaughlin dá ‘glória a Deus’ depois de quebrar o recorde mundial, ganhando o ouro em Tóquio

Published

on

 A atleta americana de obstáculos e velocista Sydney McLaughlin, uma atleta cristã dedicada, quebrou seu próprio recorde na final olímpica de 400 metros com barreiras na quarta-feira, em Tóquio, e louvou a Deus ao levar para casa sua primeira medalha de ouro olímpica. 

McLaughlin terminou com 51,46 segundos na manhã de quarta-feira, superando 0,44 segundo de seu recorde anterior estabelecido nas eliminatórias olímpicas em junho. McLaughlin derrotou a ex-campeã olímpica e mundial dos Estados Unidos, Dalilah Muhammad, que estabeleceu o primeiro recorde mundial em 400 metros com barreiras em 2019. Elas são as duas únicas mulheres a correr a bateria em menos de 52 segundos.

Em entrevista à NBC News após a corrida, McLaughlin disse que o que a ajudou foi “confiar no processo”.

“Dando glória a Deus”, declarou McLaughlin sobre sua vitória. “É tudo, nesta temporada, muito trabalho e dedicação. E [estou] muito grato por ser capaz de representar meu país e ter esta oportunidade. ”

McLaughlin viu um clipe de pessoas de sua antiga escola, a Union Catholic High School, em Scotch Plains, Nova Jersey, torcendo por ela quando se tornou a campeã olímpica.

Antes de ir para Tóquio, McLaughlin também deu “glória a Deus ” depois de estabelecer seu primeiro recorde mundial nas eliminatórias olímpicas em junho. 

“Honestamente, nesta temporada, apenas trabalhar com meu novo treinador e meu novo sistema de apoio, é realmente apenas fé e confiança no processo. Não podia pedir mais nada e, na verdade, é tudo uma dádiva de Deus ”, afirmou na ocasião. 

McLaughlin disse que “ter aquela fé infantil e confiar que tudo vai dar certo” é o que a ajudou a superar. 

McLaughlin é muito franca sobre sua fé cristã nas redes sociais.

Em uma postagem no Instagram de fevereiro, McLaughlin corajosamente testemunhou que ela escolheu colocar seu futuro nas mãos de Deus.

“Podemos rir de tudo o que está por vir, porque sabemos que ELE já venceu”, escreveu McLaughlin. “Podemos dormir melhor à noite sabendo que ELE tem um plano para tudo o que normalmente pode nos incomodar. Podemos rir de tudo que não se encaixa no propósito de nossas vidas, porque sabemos que o plano de Deus é maior. ”

Após sua vitória nos testes de atletismo olímpico dos Estados Unidos de 400 metros com barreiras em Eugene, Oregon, McLaughlin levou ao Instagram para compartilhar uma foto sua na linha de chegada com a mão sobre a boca.

“O rosto de uma mulher que teme a Deus (emoji de mão de oração) 51,90”, comemorou ela. “Eu podia sentir que esse encontro seria algo especial … mas HOMEM. Semanas como essas são das mais difíceis na vida de um atleta de atletismo. A tensão mental de se preparar para as rodadas a fim de solidificar sua posição é pesada o suficiente. Mas a quantidade de peso que o Senhor tirou dos meus ombros é a razão pela qual eu pude correr tão livremente ontem. ”

“Minha fé estava sendo testada durante toda a semana”, ela acrescentou. Continuei ouvindo Deus dizer: ‘Concentre-se apenas em mim’. Foi o melhor plano de corrida que eu poderia ter feito. Não corro mais para o auto-reconhecimento, mas para refletir a Sua vontade perfeita que já está gravada na pedra. Eu não mereço nada. Mas pela graça, pela fé, Jesus me deu tudo. Os registros vêm e vão. A glória de Deus é eterna. Obrigado pai.”

Por Jeannie Ortega Law é repórter do The Christian Pos