Siga nossas redes sociais

Destaques

Talibãs estão batendo de porta em porta em busca de mulheres, diz afegã

Published

on

© Reuters

Afegã que fugiu para a Índia diz que talibãs estão sequestrando e assediando mulheres e meninas, vivas ou mortas

Uma ex-agente da polícia afegã, identificada como Muskan, afirmou em declarações à News18 que os talibãs estão batendo de porta em porta à procura de mulheres e meninas.

Segundo a mesma fonte, os membros da milícia islâmica estão cometendo abusos sexuais, incluindo em corpos de mulheres mortas. “Não lhes importa se estão mortas ou vivas”, afirmou, referindo que estes estão indo de porta em porta e arrancando mulheres e meninas das suas famílias ou as matando.

As declarações desta ex-agente da polícia surgem numa ocasião em que se levantam suspeitas de que os talibãs estão sequestrando crianças para as tornar em escravas sexuais após a retirada dos militares estrangeiros.

Muskan viajou para a Índia assim que a cidade de Cabul foi tomada pelos talibãs. E afirma que tem recebido informações de que, ao contrário do prometido, as mulheres que ficaram para trás têm sido perseguidas pelos talibãs.

As mulheres teriam recebido “vários avisos” de que tanto elas como as suas famílias serão alvo de ameaças de morte e violência física caso optem por trabalhar. 

Recorde-se que os talibãs prometeram respeitar os direitos e liberdades das mulheres no Afeganistão e garantiram que não iriam retaliar contra quem ajudou o Governo e outros países.

Fonte:https://www.noticiasaominuto.com.br/