Siga nossas redes sociais

Entretenimento

Filipe Carmet canta uma mensagem de esperança no novo single “Para os Dias Maus”

Published

on

Com três projetos já lançados, o cantor e produtor musical Filipe Carmet apresenta, nesta segunda-feira (30), o single autoral Para os Dias Maus. Com uma mensagem sobre fé e esperança, a música convida a olhar para o alto e acreditar que o impossível pode ser possível.

– Essa canção surgiu em 2019 como fruto das experiências bem fortes que vivi. Muitas vezes somos assolados pelas circunstâncias e pensar em desistir é muito comum. Eu tinha perdido meus pais, mas Deus falou de forma sobrenatural de como era importante continuar. Pela fé continuei, escrevi e produzi a canção com a esperança de que Deus possa falar com meu próximo assim como falou comigo.

Disponível nas plataformas digitais, Para os Dias Maus também está disponível no canal de Carmet no YouTube. Com direção de Oziel Marchon, o clipe teve algumas cenas gravadas no centro do Rio de Janeiro e em cima do Edifício Mandala, na Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade. 

Envolvido com a música desde os sete anos de idade, Filipe despertou o interesse pelo samba e começou a estudar cavaquinho até ser apresentado à música evangélica após se converter aos 14 anos juntamente com a família. A partir dali, o músico começou a desenvolver sua bagagem musical influenciada pelo pop, rock e R&B. 

– Minhas influências são muito variadas. Acho que tem muito a ver com minha construção musical desde pequeno. Não tenho preconceitos com gênero musical e o fato de ouvir muita coisa, influencia diretamente no meu som. Eu definiria como um pop urbano. Pop por ser de fácil entendimento e urbano pela temática das letras. Minhas letras falam muito do cotidiano do ser humano e da sua dependência de Deus.

Seu primeiro álbum foi lançado em 2016 após ouvir o chamado de Deus. Com ares de álbum experimental, Tudo Está em Suas Mãos foi produzido por Filipe e teve como destaque a faixa Promessa de Deus. Três anos depois, surgiu o projeto Prisma, que teve distribuição pelo selo digital da Universal Music Christian Group. 

– O Prisma foi a realização de um sonho de garoto. Passei minha adolescência ouvindo os rocks da primeira década de 2000 e como meu trabalho estava tomando um rumo muito evangelistico, decidi fazer um som que fosse “conectável”. A ideia era fazer um som rock com influências pra chegar no público que ouviu as mesmas coisas que eu, sendo uma letra que apontava para Cristo. Falei da fé, falei de renovo e falei da esperança que podemos ter em Deus. Tudo isso com um som, em partes, alternativo.

Chegando em 2020, nasceu o EP Histórias pra Cantar. Com uma temática diferenciada, o projeto trouxe quatro canções já gravadas por Carmet, mas em versão acústica. O repertório reuniu duas regravações – Faz de Novo e O Toque de Deus – e as inéditas Tudo Como Deve Ser e Como Posso Entender.

– O EP surgiu da necessidade de novos sons. Apesar de ser um EP com uma temática mais acústica, ele, de certa forma, já começa a moldar um pouco do que quero fazer musicalmente no futuro. Ele foi fruto de momentos dentro do quarto, pensando no que poderia ser novo na minha música. Fruto de novas experiências com Deus e também  com pessoas.

E por falar no futuro, Carmet adianta que já está com alguns singles gravados e promete vir com uma nova musicalidade, mas mantendo a essência de seu propósito que é aproximar seu público de Deus.

– Meu desejo é que os frutos das minhas experiências com Deus sejam combustível para o renovo de alguém e que as pessoas possam conhecer a Deus. Eu escrevo com o coração de alguém dependente de Jesus. Eu luto e venço as batalhas do cotidiano com a ajuda de Deus e é sobre isso que escrevo e canto.

Casado há seis anos com Thalita Carmet, Filipe é líder de jovens da Igreja Comunidade Batista do Rio, na Barra da Tijuca. Ovelha do Pastor Pedrão, ele está cursando Teologia no Seminário Batista do Sul e é responsável pela produção da igreja.

– Eu tinha o sonho de trabalhar com música desde novo, então, com 17 anos, comecei a montar meus equipamentos no meu quarto ainda na casa da minha mãe. Gravei algumas pessoas do bairro, gravações bem simples. Tudo isso foi muito bom pra minha construção. Um tempo depois consegui comprar um estúdio maior, onde tudo ficou mais sério e mais profissional.

Ouça o single Para os Dias Maus, de Filipe Carmet, nas plataformas digitais:

Assista ao clipe Para os Dias Maus, de Filipe Carmet, no YouTube:

https://youtu.be/k0NmFTMib_0 

Assista ao clipe Para os Dias Maus, de Filipe Carmet, no YouTube: https://youtu.be/k0NmFTMib_0 

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *