Siga nossas redes sociais

Destaques

Polícia procura corpo de criança morta pela mãe e padrasto

Published

on

Deborah Almeida e as filhas. A mais velha, Ana, foi morta nesta semana em Contagem. A caçula tinha sido morta poucos meses antes, segundo a polícia. — Foto: Reprodução / Instagram

Menina mais velha, de 10 anos, foi morta neste mês. A mais nova, de 4, entre o fim de fevereiro e o início de março. Casal será indiciado por homicídio, tortura e ocultação de cadáver.

O delegado da Polícia Civil Anderson Resende Kopke confirmou, em entrevista nesta quinta-feira (26), em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, que as irmãs Ana, de 10 anos, e Stéfane, de 4, foram assassinadas pelo padrasto, com conivência da mãe das crianças. Segundo ele, os suspeitos foram jantar enquanto a filha mais velha passava mal após sofrer as agressões.

A mãe foi identificada apenas como Deborah e o padrasto, como Lucas.

As investigações apontaram que as crianças foram espancadas até a morte. A mais nova foi trazida sem vida de Divinópolis, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais, para Belo Horizonte, no fim de fevereiro ou início de março. O corpo da caçula não foi encontrado até o momento.

https://globoplay.globo.com/v/9802615/

Os dois suspeitos serão indiciados por homicídio, tortura e ocultação de cadáver.

Autorização para falar

Em princípio, a mãe negou as agressões, mas mudou a versão depois de pedir permissão ao companheiro, e ele autorizar.

Kopke contou ainda que, enquanto a criança passava mal e vomitava sangue por causa do espancamento, o homem pediu à mulher para esquentar a comida, e ambos foram jantar.

O delegado disse que a mãe era omissa e não tomou atitude para que as agressões não acontecessem. Ela está grávida de seis meses.

“Nesses 12 anos como delegado eu não vi algo semelhante”, diz Kopke sobre os assassinatos.

A morte de Ana

O corpo da filha mais velha foi encontrado dentro de um barraco na terça-feira.

Morte de criança de 10 anos foi nesta rua, em Contagem. — Foto: TV Globo

Morte de criança de 10 anos foi nesta rua, em Contagem. — Foto: TV Globo

A morte dela aconteceu entre a sexta-feira (20) e o sábado (21), segundo o delegado, e foi motivada por uma discussão entre mãe e filha. Deborah deu um empurrão na menina.

“Nesse momento, começou o espancamento com chineladas, socos. Ele [o padrasto] pegou um cabo de vassoura e continuou espancando a criança”, disse o delegado.

Ainda de acordo com ele, Ana já tinha uma perfuração na perna feita anteriormente por um cabo de vassoura e sinais de espancamento.

Morte de criança de 10 anos foi em casa neste beco, em Contagem. — Foto: TV Globo

Morte de criança de 10 anos foi em casa neste beco, em Contagem. — Foto: TV Globo

Fonte:https://g1.globo.com/mg/minas-gerais