Siga nossas redes sociais

Família

Família raspa cabeça para apoiar filho com leucemia

Published

on

Compartilhe

Tudo começou no 1º de agosto de 2021, quando Gustavo Comitre, 12 anos, filho do casal Edson de Faria e Daniela Comitre, começou a sentir fortes dores nas pernas.  Ao ser levado para o hospital, fizeram exames de Raio X e ficou diagnosticado que eram dores de crescimento.

Uma semana depois, porém, o adolescente acordou sem apetite e quando se alimentou, passou mal e foi levado ao hospital novamente. “Ele foi medicado com antitérmico e remédio para enjoo e logo foi liberado”, conta a mãe.

No dia 14 de agosto, Gustavo passou mal mais uma vez, com hemorragia no nariz, pintas vermelhas no rosto e muito cansaço. “Levamos ele ao hospital e implorei para que o médico solicitasse um exame por conta de todas as outras vezes que ele estava passando mal. Colheram sangue do meu filho e horas depois precisaram refazer os exames porque tinha dado uma alteração”, relembra.

Após os resultados, o médico informou que no dia seguinte ele seria transferido para o Grendacc, hospital especializado em câncer infantil, o que de fato aconteceu. 

“No dia 16 de agosto, quando a doutora Arianne Casarim me chamou para conversar, foi quando minha ficha caiu e entendi que o meu filho tinha leucemia. Meu chão caiu, comecei a chorar, questionei a Deus, me questionei como mãe e a médica me acalmou”.

Três dias depois os médicos o diagnosticaram com leucemia linfoide aguda (LLA) e após 7 dias de internação na UTI, Gustavo começou o tratamento com quimioterapia.

Por conta do medicamento, o adolescente começou a ter queda de cabelo, chegando o momento de raspar a cabeça, ele foi surpreendido com a decisão de toda a família de raspar o cabelo junto com ele.

A ação que ficará marcada para sempre na família Comitre aconteceu no Salão Deck da Beleza, localizado na cidade de Jundiaí (SP). O Gustavo não sabia que os pais e a irmã, Yasmin, de 8 anos, também iriam cortar os cabelos.

“Foi emocionante na hora que ele ficou sabendo que nós iríamos cortar os cabelos todos juntos”, conta Daniela. Edson foi o primeiro a cortar os cabelos e Gustavo foi o responsável pelo corte.

Era 29 de setembro, aniversário de Daniela, e muito animado, o adolescente declarou que “foi ele quem recebeu o presente”.  “Foi um momento muito lindo”, diz a mãe bastante emocionada. Todo o processo foi registrado pelo fotógrafo Leonardo Elias.

“Queremos que o Gustavo se sinta representado em nós”, continua a mãe, que é influenciadora digital e maquiadora com mais de 61 mil seguidores no Instagram. Ela vai levar conscientização aos seus seguidores sobre o câncer infantil e a necessidade de doar cabelos para pacientes com câncer..

“Por conta do tratamento ele não tem saído, não tem contato com os amigos. Queremos que ele consiga olhar para nós e veja que estamos iguais”, disse.

Daniela acredita que ensinará aos filhos a importância da empatia, que é o ato de se colocar no lugar de outra pessoa. “Vamos sentir o que ele estará sentindo e vamos mostrar que estamos juntos nesse momento”.