Siga nossas redes sociais

Destaques

Após polêmica com aluna, escola em PE terá banheiro trans

Published

on

Compartilhe

O caso da aluna trans impedida de usar o banheiro feminino em escola de Pernambuco foi resolvido após uma reunião entre a direção da escola e a Secretaria Estadual de Educação.

Para evitar que novos casos a da aluna trans impedida de usar o banheiro feminino em escola de Pernambuco foi resolvido após uma reunião entre a direção da escola e a Secretaria Estadual de Educação.

Para evitar que novos casos aconteçam, ficou decidido a implementação de um banheiro unissex, para que alunos de qualquer gênero possam acessá-lo.

No final de outubro a aluna trans Michelly Almeida, 17 anos, denunciou a escola por ser impedida de acessar o banheiro feminino que ela frequenta há muitos anos, desde que assumiu a identidade feminina.

Almeida declara que a questão com sua sexualidade é por conta do novo diretor, o pastor Gastone Alves, que este ano assumiu a gestão da Escola de Referência em Ensino Médio Euridice Cadaval Gomes, localizada na cidade de Itapissuma (PE).

A aluna denuncia o diretor não só por transfobia, mas também por intolerância religiosa, pois o evento realizado anualmente entre os professores e alunos para tratar da diversidade religiosa passou a ser chamado de “Festival Cristão”.

Redação:Exibir

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *