Siga nossas redes sociais

Depoimentos

“Eu me pegava muito com Deus orando”, diz pescador resgatado após 34h à deriva

Published

on

Manoel Freire e o filho Nicássio Souza, após pescador passar 34 horas à deriva no mar — Foto: Cedida
Compartilhe

Por 34h o pescador Manoel Freire, de 57 anos, ficou à deriva no final de semana retrasado, após ficar sem combustível em sua embarcação que trafegava no mar de Areia Branca, na região da Costa Branca, no Rio Grande do Norte.

O barco parou de funcionar em alto-mar, e ele ficou boiando em uma quilha, peça que fica na parte interior da embarcação, até conseguir chegar na praia.

Com muita fé, ele se firmou na crença e Deus e orou muito para sair da situação com vida. “Eu me pagava muito com Deus orando. Sei que graças a Deus, deu tudo certo! Estou aqui vivo, contando a história”, disse Manoel.

Logo no primeiro dia, quando Manoel não voltou para casa, seus familiares tentavam encontrá-lo pedindo apoio para a capitania, mas para dar por desaparecido seriam necessárias 24 horas.

Enquanto isso, o pescador conseguia se salvar da situação boiando, conseguindo chegar na  praia de Gado Bravo, em Tibau, por volta das 5h do dia 30 de novembro. Foi então que ele pediu ajuda e conseguiu voltar para casa.

Por: Leiliane Lopes

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.