Siga nossas redes sociais

Destaques

Nova Zelândia cria programa para proibir a venda de cigarros para as próximas gerações

Published

on

Compartilhe

Atualmente, menores de 18 anos não podem comprar cigarros na Nova Zelândia. Mas um novo programa de saúde pretende aumentar progressivamente a idade mínima para a compra de tabaco para impedir que as gerações futuras tenham acesso a este produto.

A nova lei, que deve ser promulgada no próximo ano, vai impedir que qualquer pessoa nascida depois de 2008 não não poderá comprar cigarros ou produtos derivados do tabaco em sua vida.

A partir de 2027,  medida será aumentada em um ano a cada ano, o que impedirá que a geração que neste momento chega aos 18 anos nunca poderá comprar cigarro de maneira legal, disse a ministra adjunta da Saúde, Ayesha Verrall.

“Queremos garantir que as pessoas nunca comecem a fumar… À medida que envelhecem, elas e as gerações futuras nunca poderão adquirir cigarro legalmente, porque a verdade é que não existe uma idade segura para começar a fumar, argumenta.

Outra medida seria criar uma legislação para restringir os locais de venda de cigarro e permitir apenas produtos com baixo teor de nicotina.

Todo o plano tem como objetivo reduzir sua taxa nacional de fumantes para 5% até 2025, até que seja possível eliminá-lo por completo. Atualmente a taxa é de 13% da população.

Na Nova Zelândia, um em cada quatro casos de câncer está lingado ao cigarro. Sendo esta a principal causa de morte evitável.

Por:Leiliane Lopes