Siga nossas redes sociais

Destaques

Ação social da Igreja Adventista socorre vítimas de calamidades na Bahia

Published

on

Compartilhe

Desde a última terça-feira, 7, chuvas torrenciais e o rompimento de uma barragem no interior de Minas Gerais contribuíram para problemas generalizados no sul baiano. Um ciclone extratropical ocorrido na quinta-feira, 9, ampliou as consequências do mau tempo, levando o Governo a decretar estado de calamidade pública no território.

Com o apoio da Igreja Adventista do Sétimo Dia, representantes da ADRA (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) chegaram ao sul da Bahia na sexta-feira, 10, para avaliar os danos provocados pela enchente, que tomou conta de pelo menos 30 municípios da região, bem como iniciar as primeiras medidas de resposta emergencial.

O diretor regional da ADRA para o Estado da Bahia, Leonardo Mendes, anunciou que a primeira medida será a distribuição de água potável para os moradores, em decisão conjunta com a prefeitura de Jucuruçu, um dos municípios mais afetados, devido ao transbordamento dos rios Gado Bravo e Jucuruçu, deixando famílias desabrigadas.

Como resultado desta primeira ação, a agência humanitária adventista vai destinar R$ 50 mil para a doação de água potável. Enquanto isso, a ADRA Internacional está mobilizando recursos que serão destinados às necessidades mais imediatas das famílias afetadas pela calamidade.

Uma campanha vai mobilizar doadores interessados em ajudar a socorrer as famílias de municípios como Medeiros Neto, Guaratinga, Itamarajú, Jucuruçú, Vereda, Prado, Teixeira de Freitas e Eunápolis. Juntas, tais cidades registram uma população total de aproximadamente 430 mil habitantes.

Se você deseja contribuir, a ADRA disponibiliza dois meios para receber doações:

Através da Conta Corrente da ADRA Brasil

Banco Santander – 033

Ag.1181

C/c 13.001729-4

CNPJ 01.467.063/0001-15

Ou através do PIX

Chave: sos@adra.org.br

Redação