Siga nossas redes sociais

Destaques

Metaverso: Cristãos precisam ocupar espaço na realidade virtual, diz especialista em tecnologia

Published

on

Compartilhe

O Facebook mudou o nome da empresa para “Meta” e anunciou a chegada do “metaverso”, um mundo virtual paralelo que reproduz a realidade. Em breve, esta tecnologia estará disponível em todo o mundo.

Nas palavras de Chris Cox, CPO da Meta (Facebook), o “metaverso é a nova versão da internet, em múltiplas dimensões”. Na apresentação de Mark Zuckemberg, fundador do Facebook, no metaverso cada pessoa será representada por um avatar e dentro desse ‘mundo digital’ ela poderá fazer reuniões, jogar, se divertir, ter casa, casar e etc..

O termo “metaverso” apareceu pela primeira vez em 1992 no livro “Snow Crash”, de uma ficção científica escrita por Neal Stephenon. O romance falava dessa realidade criada através de dispositivos digitais.

Mas no mundo real, o metaverso ainda não existe, o que existe são experimentos metavérsicos que já são utilizados por milhares de pessoas ao redor do mundo e que, em breve, será uma realidade do nosso dia a dia assim como são hoje as redes sociais.

Como os cristãos devem agir diante do mundo paralelo?

O programador californiano Andrew Torba, criado da rede social, Gab, escreveu um texto alertando aos cristãos sobre o que podemos esperar dos próximos anos e fazendo um convite para que estes espaços sejam ocupados.

“Deus está permitindo que esta tecnologia seja construída durante nossas vidas por uma razão. Devemos aprender, adaptar, construir e criar estratégias de como o usaremos para glorificar Seu nome e avançar Seu Reino”, disse ele.

No artigo, Torba fala também que “devemos estar preparados para oferecer alternativas que glorifiquem a Deus. Devemos responder ao chamado para entrar em território inimigo e travar uma cruzada virtual nos metaversos do Facebook, Google, Disney e quem mais entrar na arena”.

Ele pede que os seguidores de Jesus não tenham medo da tecnologia e comecem agora mesmo a preparar missionários virtuais para espalharem a Palavra de Deus. “Precisamos ter um plano de ataque”, defendeu ele.

Cuidado com a realidade criada para dominar as mentes

Torba também faz um alerta: “A elite globalista satânica imagina um futuro onde todos nós estamos plugados em sua Matrix que eles controlam o dia todo. Quando isso acontece, eles podem controlar nossas mentes ainda mais do que hoje, por meio de sua engenharia social que é exibida em nossos feeds de notícias e em nossas telas de televisão. Eles determinarão o que é ‘realidade’”.

O programador entende que há uma guerra entre as gigantes da internet para controlar, tornando ‘deuses’ dos usuários de seus programas. “Eles falharão, é claro, mas isso não significa que não farão tudo o que puderem para escravizar e extorquir o resto de nós enquanto tentamos”.

Leia o artigo de Andrew Torba aqui (em inglês)

Por: Leiliane Lopes