Siga nossas redes sociais

Destaques

Israel considera administrar uma quarta dose de vacina contra a Covid-19

Published

on

Compartilhe

Pessoas do chamado “grupo de risco” poderão receber uma quarta dose da vacina contra a Covid-19 em Israel. É isso que propõe o primeiro-ministro, Naftali Bennett, diante das ameaças trazidas pela variante ômicron.

No mês passado, Israel proibiu a entrada de cidadãos estrangeiros e usou tecnologia avançada para rastrear pessoas infectadas pela nova variante a fim de impedir que o vírus se espalhe pela população.

O ministério da Saúde de Israel anunciou na semana passada a confirmação de 55 casos de ômicron, mostrando preocupação com um possível aumento de infecções.

No fim do ano passado o país lançou uma das primeiras e mais bem-sucedidas campanhas de vacinação do mundo. Até o momento, 4,1 milhões de israelenses já receber a dose de reforço.

Agora as crianças de até cinco anos também poderão ser vacinadas, um novo esforço para garantir a imunidade de toda a população.

Por Leiliane Lopes