Siga nossas redes sociais

Destaques

Pastora morta na porta da igreja em GO era mãe de ganhador do Grammy

Published

on

Compartilhe

Pastora Odete Rosalina era mãe de Delino Marçal, muito conhecido no meio religioso e ganhador do Grammy Latino 2019 na categoria gospel

Goiânia – Assassinada a pancadas e golpes de barra de ferro, na manhã desta sexta-feira (14/1), em Goiânia, a pastora Odete Rosalina Machado da Costa, de 79 anos, era conhecida por sua generosidade, segundo fiéis, e mãe do cantor gospel Delino Marçal, de 35. Ele é ganhador do Grammy Latino Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa de 2019.

De acordo com testemunhas, a pastora estava em oração com os fiéis nesta manhã, no momento em que foi surpreendida pelo suspeito, que pulou o muro da igreja e invadiu o local com discurso de ódio a evangélicos, no Residencial Kátia, região sudoeste da cidade. O artista compareceu ao local para ver a mãe.

Pedras em ônibus

Equipe do Corpo de Bombeiros compareceu ao local, mas a vítima não resistiu a agressão. O boletim de ocorrência registra que a idosa foi encontrada na calçada.

“O autor teria se envolvido em uma briga com parentes e logo após saiu para rua. Ele entrou na igreja e iniciou uma briga com um homem e, logo após, teria acertado a vítima com vários golpes com um objeto de metal”, diz trecho do boletim de ocorrência.

Informações preliminares da polícia apontam que, após praticar o crime, o suspeito saiu do local e começou a jogar pedras em alguns ônibus até ser encontrado e preso pela Polícia Militar.

Identidade

O superintendente da Polícia Técnico-Científica de Goiás, Ricardo Matos, confirmou ao Metrópoles o nome e a idade da vítima.

O Metrópoles não conseguiu encontrar contato da defesa do suspeito nem do filho da pastora para se manifestarem, mas o espaço continua aberto para manifestações.

O artista

Delino nasceu em Arapoema, no Tocantins, e vive em Goiânia desde os 6 meses de vida. Ele é cantor e compositor de música gospel, além de presbítero. De família cristã, uma das grandes incentivadoras da carreira foi justamente a mãe, pastora Odete Rosalina. Foi na igreja pastoreada por ela que Delino começou a tocar e a cantar louvores.

O primeiro CD foi lançado de forma independente em 2013 e intitulado “Que amor é esse?”. Suas letras são consideradas simples, porém marcantes.

Em 2015 lançou o primeiro álbum por uma gravadora. O trabalho, batizado de “Nada Além da Graça”, teve a música “Deus é Deus” entre as mais pedidas nas rádios do meio gospel.

Já em 2018, Delino Marçal lançou o álbum “Guarda Meu Coração”. Foi esse trabalho que ganhou o Grammy Latino em 2019.

Fonte: Metropoles