Siga nossas redes sociais

Destaques

Pastor é morto após se negar a pagar R$ 10 por conserto elétrico

Published

on

Compartilhe

Após o ocorrido, moradores da região se revoltaram contra os suspeitos de matar o pastor e incendiaram a casa de um deles

Duas pessoas foram mortas em Palmas, no sul do Paraná, após uma briga na noite de sexta-feira (21/1). Uma das vítimas é o pastor de uma igreja.

De acordo com a Polícia Militar, o religioso se negou a pagar R$ 10 por um serviço de conserto de energia elétrica na igreja administrada por ele, o que teria motivado a confusão durante a noite. Segundo a corporação, quatro pessoas foram baleadas.

As vítimas, com idades entre 21 e 35 anos, foram encaminhadas ao hospital.

Ainda de acordo com a polícia, na madrugada de sábado (22/1), após a briga, quatro pessoas encapuzadas foram até a casa do pastor. Ele saiu para verificar o que estava ocorrendo e acabou morto com mais de dez tiros. As informações são do portal G1.

Um dos suspeitos de atirar contra o grupo também ficou ferido, após ser baleado no abdômen. Ele foi socorrido e recebeu voz de prisão no hospital.

Após o ocorrido, moradores da região se revoltaram contra os suspeitos de matar o pastor e incendiaram a casa de um deles.

Fonte: Metropoles