Siga nossas redes sociais

Global

Pastores evangélicos não deixarão a Ucrânia para prestar apoio à população

Published

on

Compartilhe

Enquanto milhares de ucranianos deixam suas casas para buscar abrigo nos países vizinhos, os pastores evangélicos daquele país estão dispostos a permanecerem para apoiar a população.

Segundo o vice-presidente sênior da União Batista da Ucrânia, Igor Bandura, os pastores na área cinzenta não deixarão a região. “Os cristãos estão determinados a participarem ativamente das necessidades das pessoas ao seu redor”.

Bandura disse que os pastores batistas da Ucrânia plantaram cerca de 25 igrejas nos últimos cinco anos. Em um país onde 60% da população se declara ortodoxo, o crescimento das igrejas evangélicas é comemorado a cada novo templo que se abre.

E serão nos porões dessas igrejas que os pastores receberão os refugiados, oferecendo abrigo, alimentação e cuidados médicos.

“Se houver caos e confusão, as igrejas batistas podem ser faróis em sua comunidade”, disse Elijah Brown, da Baptist World Alliance.

Com informações Crosswalk

Redação EXIBIR GOSPEL